Voo 815 (Lost)

http://pt.dbpedia.org/resource/Voo_815_(Lost)

O voo 815 da Oceanic Airlines é um voo fictício, peça chave do aclamado seriado norte-americano Lost, uma vez que sua queda é justamente o fato que origina a trama. O avião partiu de Sydney, Austrália, no dia 22 de Setembro de 2004, às 14h55, do portão 23, com destino a Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos. A viagem foi feita em um Boeing 777, um jato novo, de longa distância que foi lançado em 1994.O avião começou um grande mergulho de bico, e então quebrou em vários pedaços. A área da cauda partiu-se antes, e caiu no mar. Momentos depois, o setor frontal e o meio cairam na ilha.
Voo 815 (Lost) 
O voo 815 da Oceanic Airlines é um voo fictício, peça chave do aclamado seriado norte-americano Lost, uma vez que sua queda é justamente o fato que origina a trama. O avião partiu de Sydney, Austrália, no dia 22 de Setembro de 2004, às 14h55, do portão 23, com destino a Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos. A viagem foi feita em um Boeing 777, um jato novo, de longa distância que foi lançado em 1994. Após aproximadamente seis horas de vôo, o voo 815 teve problemas como o seu rádio. O piloto decidiu mudar de rota em direção a Fiji e, aproximadamente duas horas depois, o avião entrou em turbulência. O avião começou um grande mergulho de bico, e então quebrou em vários pedaços. A área da cauda partiu-se antes, e caiu no mar. Momentos depois, o setor frontal e o meio cairam na ilha. A queda corresponde precisamente ao horário listado em um histórico impresso de uma descarga eletromagnética, que ocorreu quando Desmond falhou ao digitar o código na Estação Cisne. Entretanto, o motivo exato da queda é incerto, mas parece plausível que um pulso magnético da descarga tenha sido forte o bastante para despedaçar o avião. Os números aparecem aqui na combinação comum de 815 (ou 0, 8, 15). Muitos dos personagens estavam sentados em poltronas que continham um dos números, e ainda: o vôo partiu às 14h55 (1+4+5+5 = 15) do portão 23. No final da segunda temporada, Desmond diz que acha que ele derrubou o avião, por causa do momento em que causou a Falha do Sistema estar no registro de atividade impresso por Locke na Pérola e concidir com a data 22 de setembro de 2004, quando o avião caiu.Se o avião caiu oficialmente no mesmo minuto em que a Falha do Sistema da Estação Cisne ocorreu, a queda ocorreu as 16h16. (Em outro formato de horário, 4:16 pm, sendo que 4 é um dos números). 
xsd:nonNegativeInteger 56 
xsd:integer 1179733 
xsd:nonNegativeInteger 7690 
xsd:integer 29037745 

data from the linked data cloud