União Ibérica

http://pt.dbpedia.org/resource/União_Ibérica an entity of type: Thing

União ibérica foi a unidade política que regeu a península ibérica de 1580 a 1640, resultado da união dinástica entre as monarquias de Portugal e de Espanha após a Guerra da Sucessão Portuguesa. Na sequência da crise de sucessão de 1580 em Portugal, uma união dinástica que juntou as duas coroas, bem como as respectivas possessões coloniais, sob o controle da monarquia espanhola durante a chamada dinastia Filipina. O termo união ibérica é uma criação de historiadores modernos.
União Ibérica 
yes 
xsd:integer 1580  1598  1621 
Bandeira do Domínio Espanhol 
Flag Portugal .svg 
Siñal d'Aragón.svg 
Royal Coat of Arms of the Crown of Castile .svg 
Flag Portugal .svg 
Siñal d'Aragón.svg 
Royal Coat of Arms of the Crown of Castile .svg 
Madrid e Lisboa 
Europa, América, África, Ásia e Oceania. 
União Dinástica entre Portugal e Espanha 
União Dinástica entre as Monarquias de Portugal e Espanha. 
União DinásticaMonarquia Absoluta 
Espanhol e Português 
Flag Portugal .svg 
Royal Coat of Arms of Spain .svg 
Os territórios dos Reinos Ibéricos 
Dobrão Espanhol e Real Português 
União Ibérica 
União Ibérica 
União Ibérica 
Coroa de Aragão 
Reino de Portugal 
Coroa de Castela 
Coroa de Aragão 
Reino de Portugal 
Coroa de Castela 
Brasão de armas do Domínio Espanhol 
xsd:integer 1640 
xsd:integer 1580 
xsd:gYear 1580  1640 
Rei 
Os territórios dos Reinos Ibéricos 
União ibérica foi a unidade política que regeu a península ibérica de 1580 a 1640, resultado da união dinástica entre as monarquias de Portugal e de Espanha após a Guerra da Sucessão Portuguesa. Na sequência da crise de sucessão de 1580 em Portugal, uma união dinástica que juntou as duas coroas, bem como as respectivas possessões coloniais, sob o controle da monarquia espanhola durante a chamada dinastia Filipina. O termo união ibérica é uma criação de historiadores modernos. A unificação da península havia sido desde há séculos um objetivo dos monarcas da região. Sancho III de Navarra e Afonso VII de Leão e Castela ambos tomaram o título de Imperator totius Hispaniae, que significa "Imperador de Toda a Hispânia". A união poderia ter sido alcançada antes se Miguel da Paz (1498-1500), Príncipe de Portugal e das Astúrias, filho do primeiro casamento do rei D. Manuel I com a infanta Isabel de Aragão, tivesse chegado a rei, mas este morreu na infância. A história de Portugal desde a crise de sucessão iniciada em 1578 até aos primeiros monarcas da dinastia de Bragança foi um período de transição. O Império Português estava no auge no início deste período. Ao longo do século XVII, a crescente predação às feitorias portuguesas no Oriente por holandeses, ingleses e franceses, e a rápida intrusão no comércio atlântico de escravos, minou o lucrativo monopólio português no comércio oceânico de especiarias e no tráfico de escravos, iniciando um longo declínio. Em menor medida, o desvio de riqueza de Portugal pela monarquia dos Habsburgo para sustentar o lado católico na Guerra dos Trinta Anos, também criou tensões dentro da união, embora Portugal tenha beneficiado do poderio militar espanhol para ajudar a manter o Brasil e impedir o comércio holandês. Estes eventos, e aqueles que ocorreram no final da dinastia de Aviz e no período da união ibérica, levaram Portugal a um estado de dependência das suas colónias, primeiro da Índia e depois o Brasil. 
xsd:nonNegativeInteger 241 
União Ibérica 
xsd:integer 106630 
xsd:nonNegativeInteger 34838 
xsd:integer 44604418 

data from the linked data cloud