Tupolev Tu-134

http://pt.dbpedia.org/resource/Tupolev_Tu-134

O Tupolev Tu-134 (Designação da NATO: Crusty) é um avião civil e de uso militar soviético/russo. Modelo originado a partir da evolução do modelo Tu-124 que foi o primeiro avião comercial do mundo movido a motores Turbofan. A diferença do Tu-124 para o 134 estava basicamente na disposição dos motores que passaram para o cone da cauda. O número de passageiros transportados era de 72 em classe única. A Tupolev também fez melhorias no modelo; o Tu-134A tinha novos motores e o Tu-134B tinha maior capacidade de passageiros e maior alcance Estas mudanças visavam, em maior parte, a adequação às necessidades da companhia aérea soviética Aeroflot e de outras companhias dos países da "Cortina de Ferro". A aeronave é uma resposta da então União Soviética (atual Rússia) ao norte-americano McDonnell Dou
Tupolev Tu-134 
xsd:integer 902 
xsd:integer 3710 
Tupolev Tu-134 of Aviogenex.jpg 
Tu-134 
Dados de: OAO Tupolev 
xsd:integer 1966 
xsd:integer 12 
xsd:integer 1900 
xsd:integer 3200 
xsd:integer 1273 
xsd:integer 8200 
xsd:integer 29 
Tu-134A 
xsd:integer 6799 
Aeronave civil de transporte e de treino militar 
xsd:integer
xsd:integer 72 
xsd:integer 47600 
xsd:integer 27960 
xsd:integer 854 
xsd:integer 12100 
xsd:integer
xsd:integer 950 
xsd:integer 850 
O Tupolev Tu-134 (Designação da NATO: Crusty) é um avião civil e de uso militar soviético/russo. Modelo originado a partir da evolução do modelo Tu-124 que foi o primeiro avião comercial do mundo movido a motores Turbofan. A diferença do Tu-124 para o 134 estava basicamente na disposição dos motores que passaram para o cone da cauda. O número de passageiros transportados era de 72 em classe única. A Tupolev também fez melhorias no modelo; o Tu-134A tinha novos motores e o Tu-134B tinha maior capacidade de passageiros e maior alcance Estas mudanças visavam, em maior parte, a adequação às necessidades da companhia aérea soviética Aeroflot e de outras companhias dos países da "Cortina de Ferro". A aeronave é uma resposta da então União Soviética (atual Rússia) ao norte-americano McDonnell Douglas DC-9 por causa dos dois motores na traseira e da cauda em T. 
xsd:nonNegativeInteger 25 
xsd:integer 601769 
xsd:nonNegativeInteger 4027 
xsd:integer 44961577 

data from the linked data cloud