Tufão Melor (2009)

http://pt.dbpedia.org/resource/Tufão_Melor_(2009)

O tufão Melor (designação internacional: 0918; designação do JTWC: 20W; designação filipina: tufão Quedan) foi um intenso ciclone tropical que afetou as Marianas Setentrionais e atingiu o Japão no final de setembro e início de outubro de 2009. Sendo o vigésimo sexto ciclone tropical, a décima oitava tempestade dotada de nome e o décimo tufão da temporada de tufões no Pacífico de 2009, Melor formou-se de uma área de perturbações meteorológicas a várias centenas de quilômetros a leste-sudeste das Marianas Setentrionais em 29 de setembro. Com condições meteorológicas favoráveis ao seu desenvolvimento, Melor tornou-se uma tempestade tropical ainda naquele dia, e uma tempestade tropical severa no dia seguinte, assim que seguia vigorosamente para oeste-noroeste. A partir de então, Melor começou
Tufão Melor (2009) 
cat5 
xsd:integer 29 
Melor Oct 4 2009 0115Z.jpg 
Tufão Melor 
O tufão Melor (designação internacional: 0918; designação do JTWC: 20W; designação filipina: tufão Quedan) foi um intenso ciclone tropical que afetou as Marianas Setentrionais e atingiu o Japão no final de setembro e início de outubro de 2009. Sendo o vigésimo sexto ciclone tropical, a décima oitava tempestade dotada de nome e o décimo tufão da temporada de tufões no Pacífico de 2009, Melor formou-se de uma área de perturbações meteorológicas a várias centenas de quilômetros a leste-sudeste das Marianas Setentrionais em 29 de setembro. Com condições meteorológicas favoráveis ao seu desenvolvimento, Melor tornou-se uma tempestade tropical ainda naquele dia, e uma tempestade tropical severa no dia seguinte, assim que seguia vigorosamente para oeste-noroeste. A partir de então, Melor começou a sofrer rápida intensificação e se tornou um tufão em 1 de outubro. Melor continuou a se intensificar rapidamente, e atingiu seu pico de intensidade em 4 de outubro, com ventos máximos sustentados de 215 km/h , segundo a Agência Meteorológica do Japão (AMJ), ou 260 km/h , segundo o Joint Typhoon Warning Center (JTWC), tornando-se o mais intenso tufão da temporada após superar a pressão atmosférica central mínima do tufão Choi-wan em 5 hPa. Melor foi capaz de manter seu pico de intensidade por várias horas devido às excelentes condições meteorológicas. Porém, a partir de 5 de outubro, Melor começou a se enfraquecer gradualmente assim que começou a seguir para norte e para nordeste, encontrando condições meteorológicas menos favoráveis e sofrendo mudanças em seu núcleo interno. Em 7 de outubro, Melor atingiu o Japão ainda como um tufão, com ventos de até 130 km/h, mas se enfraqueceu para uma tempestade logo em seguida. Melor continuou a seguir sobre o Japão, e se tornou um ciclone extratropical em 9 de outubro, quando a AMJ e o JTWC emitiram seus avisos finais sobre o sistema. O tufão causou apenas danos mínimos nas Marianas Setentrionais, mesmo sendo um intenso tufão. Contudo, Melor foi o primeiro tufão a atingir o Japão na temporada de 2009 e o mais intenso ciclone tropical a atingir o país desde o tufão Man-yi, em 2007. Pelo menos 3 mortes foram registradas no arquipélago japonês. 
Temporada de tufões no Pacífico de 2009 
tufão 
xsd:integer 2440248 
xsd:integer 44283971 
O tufão Melor perto de seu pico de intensidade. 
xsd:integer
Pelo menos 4 diretas 
Desconhecidos 
xsd:integer 910 
xsd:integer 110  140 
Marianas Setentrionais e Japão 
xsd:nonNegativeInteger 91 
xsd:nonNegativeInteger 23137 

data from the linked data cloud