Tradição católica

http://pt.dbpedia.org/resource/Tradição_católica

A Tradição católica, ou a Tradição Apostólica , é a autoridade e a acção contínua da Igreja Católica (mais concretamente do seu Magistério), que através dos apóstolos e da sucessão apostólica (os Papas e os Bispos), transmite , para todo o mundo ininterruptamente desde o advento salvífico de Cristo até a atualidade. (conf. Dei Verbum, 1965) Esta acção contínua de "transmissão da mensagem de Cristo" (ou Evangelho) é feita "mediante a pregação, o testemunho, as instituições, o culto e os escritos inspirados", para assegurar que os católicos vivem a fé de um modo fiel à Verdade revelada por Deus .
Tradição católica 
A Tradição católica, ou a Tradição Apostólica , é a autoridade e a acção contínua da Igreja Católica (mais concretamente do seu Magistério), que através dos apóstolos e da sucessão apostólica (os Papas e os Bispos), transmite , para todo o mundo ininterruptamente desde o advento salvífico de Cristo até a atualidade. (conf. Dei Verbum, 1965) Esta acção contínua de "transmissão da mensagem de Cristo" (ou Evangelho) é feita "mediante a pregação, o testemunho, as instituições, o culto e os escritos inspirados", para assegurar que os católicos vivem a fé de um modo fiel à Verdade revelada por Deus . A Tradição apostólica, que, segundo a Igreja, transmite fiel e ininterruptamente a Revelação divina até aos dias de hoje, é realizada de duas maneiras indissociáveis: A Tradição oral é composta essencialmente pela "pregação oral" (ex: afirmações e ensinamentos), "exemplos, instituições," costumes e tradições dos Apóstolos, "que transmitiram aquilo que tinham recebido dos lábios, trato e obras de Cristo, e o que tinham aprendido por inspiração do Espírito Santo" . E, "para que o Evangelho fosse perenemente conservado íntegro e vivo na Igreja, os Apóstolos deixaram os Bispos", em união com o Papa, "como seus sucessores, entregando-lhes o seu próprio ofício de Magistério" , para que a Palavra de Deus seja conservada e ensinada correctamente . Os documentos "dos Concílios, [...] os atos da Santa Sé, as palavras e os usos da Sagrada Liturgia" e os escritos e "afirmações dos santos Padres testemunham a presença vivificadora desta Tradição, cujas riquezas entram na prática e na vida da Igreja" . Os vários produtos da Tradição católica, como por exemplo a Bíblia, o Credo, as afirmações e documentos pontifícios, as orações e os diversos ensinamentos e documentos dos concílios ecuménicos, são considerados muito importantes para a transmissão da fé católica, sendo por isso muitas vezes registados posteriormente por escrito (como foi, por exemplo, no caso da Bíblia). Mas, um "produto da Tradição" só se constitui um elemento imutável ou "básico seu, apenas quando tal produto serviu para transmitir a fé numa forma invariável desde os primeiros séculos da Igreja", até mesmo aos dias de hoje. "Exemplos de elementos básicos são a Bíblia [...], o Símbolo dos Apóstolos ou Credo, e as formas básicas da liturgia da Igreja". Logo, muitos produtos da Tradição não são imutáveis, podendo alguns serem posteriormente modificados na sua forma, mas o seu conteúdo essencial (que é a Verdade revelada) continua inalterável . Para além do ensino dos sucessores dos Apóstolos (Papas e os Bispos em união com o Papa, nomeadamente em concílios ecuménicos), a Tradição é também enriquecida pelos comentários e ensinamentos dos Padres e Doutores da Igreja, dos Santos e de todos os católicos, desde que estes ensinamentos sejam oficialmente aprovados e adoptados pelo Magistério da Igreja . Em relação ao Concílio Vaticano II, que tentou "perscrutar os sinais dos tempos e interpretá-los à luz do Evangelho" , o Papa Paulo VI, numa alocução feita em 1966, afirmou que "o Concílio [...] será o grande catecismo dos nossos tempos". Com isto, a Igreja Católica quis declarar que os ensinamentos do Concílo Vaticano II, que estão expressos nos vários documentos aprovados por este mesmo Concílio, são fundamentais para a transmissão da fé católica nos tempos modernos e recentes . Por todas estas razões, a Igreja Católica "não tira só da Sagrada Escritura a sua certeza a respeito de todas as coisas reveladas", querendo isto dizer que as Tradições oral e escrita "devem ser recebidas e veneradas com igual espírito de piedade e reverência" . Aliás, a própria Bíblia é um produto escrito da Tradição oral . 
xsd:nonNegativeInteger 104 
xsd:integer 877333 
xsd:nonNegativeInteger 17146 
xsd:integer 39147567 

data from the linked data cloud