Terceira Coligação

http://pt.dbpedia.org/resource/Terceira_Coligação an entity of type: Thing

Após a dissolução da Segunda Coligação (1802), a negativa da Grã-Bretanha em entregar a ilha de Malta aos Cavaleiros da Ordem de São João de Jerusalém iniciou novo conflito com os franceses. Em 1805, com a adesão da Áustria, do Nápoles, da Rússia e da Suécia ao conflito em apoio aos ingleses, originava-se a Terceira Coligação ou Terceira Coalizão. A Espanha era então aliada da França. A ideia desta coligação era tentar deter as crescentes ambições do governante francês, Napoleão Bonaparte, que em Maio de 1804 recebera o título de imperador.
Terceira Coligação 
borda|22px Karl von Leiberich 
background:#ffccaa;color:#2222cc; 
xsd:integer 1803 
Napoleão em Austerlitz, por François Gérard. 
Austerlitz-baron-Pascal.jpg 
Europa Central, Itália e Cabo Trafalgar 
Vitória Francesa, Paz de Pressburg 
borda|22px Eleitorado da Baviera 
borda|22px Reino da Etrúria 
Guerra da Terceira Coalizão 
borda|22pxImpério Austríaco 
borda|22pxImpério Russo 
borda|22pxReino Unido 
borda|22pxReino da Espanha 
borda|22pxReino da Suécia 
borda|22pxReino de Portugal 
borda|22pxReino da Sicília 
borda|22pxReino de Nápoles 
borda|22pxRepública Batava 
borda|22pxEleitorado da Baviera 
borda|22pxImpério Francês 
borda|22pxReino da Etrúria 
borda|22pxReino da Itália 
borda|22pxReino de Württemberg 
VitóriaFrancesa,Paz de Pressburg 
Após a dissolução da Segunda Coligação (1802), a negativa da Grã-Bretanha em entregar a ilha de Malta aos Cavaleiros da Ordem de São João de Jerusalém iniciou novo conflito com os franceses. Em 1805, com a adesão da Áustria, do Nápoles, da Rússia e da Suécia ao conflito em apoio aos ingleses, originava-se a Terceira Coligação ou Terceira Coalizão. A Espanha era então aliada da França. A ideia desta coligação era tentar deter as crescentes ambições do governante francês, Napoleão Bonaparte, que em Maio de 1804 recebera o título de imperador. Napoleão enfrentou os austríacos, que haviam invadido a Baviera, tendo vários Estados alemães apoiado a França na ocasião. As tropas francesas derrotaram as forças austríacas na batalha de Ulm, onde fizeram vinte e três mil prisioneiros, e iniciaram o avanço, ao longo do rio Danúbio, sobre Viena. As tropas russas, lideradas pelo general Mikhail Kutuzov e pelo czar Alexandre I da Rússia, levaram reforços aos austríacos, mas foram vencidas na batalha de Austerlitz. A Áustria rendeu-se novamente, e assinou o Tratado de Presburgo (26 de dezembro de 1805). Em consequência, foi formada a Confederação do Reno, tendo Napoleão aproveitado a situação para nomear os seus irmãos, José I, rei de Nápoles (1806), e Luís I, rei dos Países Baixos. Enquanto isso, no mar, o almirante britânico Horatio Nelson derrotava as armadas francesa e espanhola na batalha de Trafalgar (21 de outubro de 1805). Como consequência, no ano seguinte (1806), Napoleão decretou o Bloqueio Continental, pelo qual os portos de toda a Europa seriam fechados ao comércio britânico. A superioridade naval da Grã-Bretanha e a retirada da Família Real Portuguesa para o Brasil dificultaram, na prática, a aplicação desta medida, conduzindo ao fracasso dessa política económica europeia francesa. 
xsd:nonNegativeInteger 101 
Guerra da Terceira Coalizão 
Guerras Napoleônicas 
xsd:integer 1312864 
xsd:nonNegativeInteger 5858 
xsd:integer 37695968 

data from the linked data cloud