Starless and Bible Black

http://pt.dbpedia.org/resource/Starless_and_Bible_Black an entity of type: Thing

Starless and Bible Black é o sexto álbum de estúdio da banda inglesa de rock progressivo King Crimson, lançado em 1974, e que enfatiza uma sonoridade mais pesada e experimental. O disco conta com quatro faixas instrumentais e quatro com vocais. A maioria das músicas com vocais satirizam o materialismo da sociedade, de modo similar ao que foi feito na música "Easy Money" do disco anterior, Larks' Tongues in Aspic.
Starless and Bible Black 
<second> 2801.0 
xsd:integer 29 
Starless and Bible Black 
Red 
estúdio 
Larks' Tongues in Aspic 
* allmusic link 
Janeiro de 1974 no AIR Studios em Londres 
xsd:anyURI http://www.allmusic.com/album/starless-and-bible-black-r42277 
xsd:double 2801.0 
Starless and Bible Black 
E.G. Records 
Starless and Bible Black é o sexto álbum de estúdio da banda inglesa de rock progressivo King Crimson, lançado em 1974, e que enfatiza uma sonoridade mais pesada e experimental. O disco conta com quatro faixas instrumentais e quatro com vocais. A maioria das músicas com vocais satirizam o materialismo da sociedade, de modo similar ao que foi feito na música "Easy Money" do disco anterior, Larks' Tongues in Aspic. Várias músicas do disco foram gravadas ao vivo, com o som de aplausos removidos. As únicas músicas inteiramente gravadas em estúdio são as duas primeiras faixas, "The Great Deceiver" e "Lament". "We'll Let You Know" é uma improvisação gravada em Glasgow. "The Mincer" é outro improviso, gravado em Zurique e editada em estúdio, com vocais adicionados. "Trio", "Fracture" e "Starless and Bible Black" foram gravadas no Concertgebouw em Amsterdam, assim como a introdução de "The Night Watch" (o restante foi gravado em estúdio). O show completo no Concertgebouw sem edições foi lançado pela banda em 1998 como "The Nightwatch" (CD duplo). A faixa mais calma do disco é uma música instrumental constituída de violino, baixo e mellotron, chamada "Trio". Nota-se que nesta faixa não há nenhum tipo de percussão, mas o baterista Bill Bruford recebeu crédito na composição porque trata-se de uma improvisação ao vivo e a decisão de Bruford de não adicionar nenhum elemento de percussão foi visto por toda a banda como uma decisão crucial. As duas últimas faixas, "Starless and Bible Black" e "Fracture" são músicas instrumentais de sonoridade jazzística, semelhante àquelas em "Larks' Tongues in Aspic", mas com um tom mais melancólico. A arte da capa foi feita pelo pintoir Tom Phillips. A frase enigmática "this night wounds time" ("esta noite fere o tempo"), que aparece na contracapa, é uma citação do principal trabalho de Phillips, o romance A Humument. A frase Starless and Bible Black ("O negro biblíco sem estrelas") é uma citação da peça Under Milk Wood do poeta Dylan Thomas. O disco seguinte, Red, traz uma música simplesmente chamada Starless, bem diferente de Starless and Bible Black, principalmente pelo fato de contar com vocais. 
xsd:nonNegativeInteger 58 
Starless and Bible Black 
xsd:integer 460961 
xsd:nonNegativeInteger 4904 
xsd:integer 41446016 
<minute> 46.68333333333333 

data from the linked data cloud