Stalinismo

http://pt.dbpedia.org/resource/Stalinismo

Stalinismo (português brasileiro) ou estalinismo (português europeu) designa o período em que o poder político na antiga União Soviética foi exercido por Josef Stalin. O stalinismo não chega a ser uma teoria, uma vez que sequer articula de forma sistemática ou original determinados conceitos ou princípios. O termo "stalinismo", na maioria das vezes, designa essencialmente o domínio absoluto de uma dada liderança, a qual dispõe de meios por intermédio dos quais estabelece como verdade a sua interpretação particular do marxismo, do qual se arvora a condição de único e legítimo intérprete. Neste sentido, o stalinismo reproduz e alimenta uma estrutura de pensamento único.
Stalinismo 
Stalinismo (português brasileiro) ou estalinismo (português europeu) designa o período em que o poder político na antiga União Soviética foi exercido por Josef Stalin. O stalinismo não chega a ser uma teoria, uma vez que sequer articula de forma sistemática ou original determinados conceitos ou princípios. O termo "stalinismo", na maioria das vezes, designa essencialmente o domínio absoluto de uma dada liderança, a qual dispõe de meios por intermédio dos quais estabelece como verdade a sua interpretação particular do marxismo, do qual se arvora a condição de único e legítimo intérprete. Neste sentido, o stalinismo reproduz e alimenta uma estrutura de pensamento único. Críticos trotskistas do stalinismo afirmam que tal corrente é anti-marxista: alguns afirmam que é totalitária e mesmo fascista (ver: comparação entre nazismo e stalinismo). Entre os académicos marxistas, tal corrente (junto com outras) é chamada de marxismo vulgar, por ter incorporado à sua base ideológica pensamentos não originários de Karl Marx. Por outro lado, existem os que afirmam que o regime de Stalin foi capaz de salvar o povo soviético da invasão promovida pelo nazifascismo e ao mesmo tempo promoveu um progresso econômico, científico, social, militar e político nunca visto na Rússia e na União Soviética. Algumas correntes, principalmente anti-trotskistas acreditam que o termo foi criado pelo crítico Leon Trotski, para dividir o movimento comunista, e desta forma, derrubá-lo, através de temas que atacavam as dificuldades da sociedade soviética e os primeiros anos de implantação do socialismo naquele país, usando-se também das mínimas divergências entre Lênin e outros partidários para lançar os adeptos contra Stálin, por isso, os adversários do trotskismo não aceitam a denominação stalinismo, e afirmam serem marxistas-leninistas. 
xsd:nonNegativeInteger 157 
xsd:integer 13996 
xsd:nonNegativeInteger 18224 
xsd:integer 44123514 

data from the linked data cloud