Sheol

http://pt.dbpedia.org/resource/Sheol

Sheol, Xeol ou Seol, (pronunciado "Sheh-ol"), em Hebraico שאול (She'ol), é o "túmulo", ou "cova" ou "a sepultura"ou traduzido para o português como inferno.Segundo o Judaísmo She'ol é o local de purificação espiritual ou punição para os mortos, um local o mais distante possível do céu. De acordo com a maior parte das fontes judaicas, o período da purificação ou punição é limitado a apenas doze meses e cada sábado é excluído da punição. Após esse período, a alma irá acender ao Olam Habá, o mundo a vir, ou será destruída se for muito má O local de purificação espiritual ou punição para os mortos maus não é chamado no Judaísmo de "Inferno", e sim por Gehinnom ou Sheol. É um nome figurativo para um local onde se acreditava que eram reunidos os mortos.
Sheol 
xsd:integer 2005 
Coogan, Michael D. 
Oxford University Press 
ISBN 0-19-513911-9 
The Old Testament- a Historical and Literary Introduction to the Hebrew Scriptures 
Sheol, Xeol ou Seol, (pronunciado "Sheh-ol"), em Hebraico שאול (She'ol), é o "túmulo", ou "cova" ou "a sepultura"ou traduzido para o português como inferno. Segundo o Judaísmo She'ol é o local de purificação espiritual ou punição para os mortos, um local o mais distante possível do céu. De acordo com a maior parte das fontes judaicas, o período da purificação ou punição é limitado a apenas doze meses e cada sábado é excluído da punição. Após esse período, a alma irá acender ao Olam Habá, o mundo a vir, ou será destruída se for muito má O local de purificação espiritual ou punição para os mortos maus não é chamado no Judaísmo de "Inferno", e sim por Gehinnom ou Sheol. É um nome figurativo para um local onde se acreditava que eram reunidos os mortos. A palavra "hades" (=submundo) substituiu "sheol" quando - por decreto - a escrituras hebraicas foram vertidas para o grego ( ver Septuaginta) na antiga Alexandria por volta do ano 200 A.C. No Cristianismo Sheol é a destinação comum tanto dos homens corretos quanto dos incorretos, como apresentado no livro de Eclesiastes e no Livro de Jó. O Novo Testamento (escrito em grego) também usa "hades" para se referir ao mundo dos mortos. A crença de que aqueles no “sheol” esperavam a ressurreição é refletida na história do Novo Testamento de Lázaro. Traduções inglesas das escrituras hebraicas traduziram de formas variadas o termo “sheol” por "inferno" ou por "o túmulo". Na Bíblia, o Sheol (assim como o Hades, exceto em parábolas) tem o significado de "morte temporária (a morte atual da maioria dos humanos, que vai terminar com a ressurreição no dia do juízo). 
xsd:nonNegativeInteger 39 
xsd:integer 438651 
xsd:nonNegativeInteger 11373 
xsd:integer 44977057 

data from the linked data cloud