Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band

http://pt.dbpedia.org/resource/Sgt._Pepper's_Lonely_Hearts_Club_Band an entity of type: Thing

Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band, popularmente conhecido como Sgt. Pepper, é o oitavo álbum de estúdio da banda britânica de rock The Beatles. Lançado em 1º de junho de 1967, tornou-se imediatamente enorme sucesso comercial e crítico, permanecendo durante 27 semanas no topo das tabelas de álbuns do Reino Unido e 15 semanas na primeira posição nos Estados Unidos. A revista Time o considerou "uma evolução histórica no progresso da música" e a New Statesman elogiou a sua elevação da música pop ao nível de arte. O trabalho conquistou quatro Prêmios Grammy em 1968, incluindo a categoria Álbum do Ano, o primeiro LP de rock a receber tal honra.
Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band 
left 
right 
xsd:integer 2009 
xsd:integer
Headquarters por The Monkees 
-A Day in the Life- by the Beatles 1967.ogg 
-When I'm Sixty-Four- by the Beatles 1967.ogg 
Beatles - Within You Without You.ogg 
-Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band- by the Beatles 1967.ogg 
Lucy in the Sky with Diamonds- by the Beatles 1967.ogg 
Sgt Peppers.jpg 
xsd:integer
Vocais 
Ode to Billie Joe por Bobbie Gentry 
Womack descreve o final dessa sequência como o "momento mais decisivo" de Sgt. Pepper. 
Hannan escreve: "Os ricos timbres de clarinetes dão ao mix uma sonoridade mais completa, mais cheia, que muitas das outras faixas do trabalho". 
(A gravação utiliza o som de tanbür misturado ao do órgão Lowrey, criando o que Hannan caracteriza como uma das "mais inusitadas combinações sonoras" de todas as faixas.) 
(MacDonald louva o "vocal hard rock de McCartney. Martin considera a faixa como a mais "mais característica do estilo dos Beatles" presente no LP.) 
A principal contribuição de Harrison para o disco, "Within You Without You" é uma canção de rock bastante influenciada pela musicalidade indiana e por isso é considera um raga rock. 
<second> 2382.0  157.0  168.0  208.0  215.0  164.0  161.0  162.0  122.0  339.0  304.0  156.0  79.0 
Estúdios EMI e Regent Sound Studio, Londres 
George Harrison 
John Lennon 
Paul McCartney 
Ringo Starr 
Lennon 
McCartney 
Lennon e McCartney 
McCartney, Harrison, Lennon e Starr 
xsd:integer
Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band 
xsd:integer
direita 
esquerda 
Mark 
Magical Mystery Tour 
Apple/EMI Records 
Estávamos fartos de ser os Beatles. Detestávamos aquela abordagem de merda dos quatro pequenos mop-tops. Não éramos rapazes, éramos homens... e pensávamos em nós mesmos como artistas e não apenas como músicos para entreter. 
Os Beatles nunca fingiram que estivessem a criar arte com Sgt. Pepper, ou a procurar por alguma integridade musical. Eles só queriam fazer algo diferente. 
Igual crédito [por Sgt. Pepper] é atribuído justificadamente a George Martin... Ele deu forma a gloriosas canções, deu melodia e harmonia a letras fantasmagóricas e levou a técnica de gravação a níveis antes desconhecidos. 
Periódicos de música começaram a nos depreciar... porque [o disco] demorou cinco meses para ser gravado, e eu lembro da grande graça em ver, em um desses periódicos, como os Beatles tinham se tornado improdutivos... e eu estava sentado, esfregando minhas mãos e dizendo "espere só." 
A complexa tapeçaria auricular de Sgt. Pepper é o som de quatro homens em rebelião contra as convenções musicais e, assim sendo, escancarando as portas para a experimentação sonora por meio da qual nasceram o hard rock, o punk, o metal, o new wave, o grunge e toda outra forma de música popular que se seguiu. 
[Martin] me perguntou, "Você sabe o que causou Pepper?" Eu disse, "Uma palavra por vez: George. Drogas. Maconha." E George disse, "Não, não. Você não estava drogado o tempo todo." "Sim, estávamos." Sgt. Pepper foi o álbum das drogas. 
harv 
—Christopher Scapelliti, escrevendo para a Guitar World em junho de 2007 
—Colin Larkin, escrevendo no Guinness Book of Top 1000 Albums, em 1994 
—George Martin, em seu livro Summer of Love: The making of Sgt. Pepper, 1994 
—Paul McCartney 
padding:8px; 
Estúdio 
Lado A 
Lado B 
Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band 
("When I'm Sixty-Four") 
(A "sequência onírica" de "A Day in the Life".) 
(O começo de "Lucy in the Sky with Diamonds") 
Introdução de "Within You Without You" 
(O começo da primeira estrofe de "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band") 
Álbuns número um na Billboard 200 em 1967 
<perCent> 25.0  30.0 
Lewisohn 
Revolver 
xsd:integer
xsd:integer 10 
xsd:integer 89 
B+ 
<second> 2392.0 
xsd:integer
xsd:double 2382.0 
Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band, popularmente conhecido como Sgt. Pepper, é o oitavo álbum de estúdio da banda britânica de rock The Beatles. Lançado em 1º de junho de 1967, tornou-se imediatamente enorme sucesso comercial e crítico, permanecendo durante 27 semanas no topo das tabelas de álbuns do Reino Unido e 15 semanas na primeira posição nos Estados Unidos. A revista Time o considerou "uma evolução histórica no progresso da música" e a New Statesman elogiou a sua elevação da música pop ao nível de arte. O trabalho conquistou quatro Prêmios Grammy em 1968, incluindo a categoria Álbum do Ano, o primeiro LP de rock a receber tal honra. Em agosto de 1966, os Beatles retiraram-se permanentemente das turnês e começaram um período de férias que durou três meses. Em novembro, durante um voo de regresso para Londres, Paul McCartney teve uma ideia para uma canção envolvendo uma banda militar da era Eduardiana, a qual eventualmente formaria o ímpeto para o conceito de Sgt. Pepper. As sessões de gravação do sucessor de Revolver começaram em 24 de novembro no Abbey Road Studio Two, com duas composições tematicamente ligadas à infância dos membros da banda: "Strawberry Fields Forever" e "Penny Lane". No entanto, depois de serem pressionados pela EMI, as canções foram lançadas como um single de dupla face, e assim, não foram incluídas no trabalho final. Em fevereiro de 1967, depois de gravarem a canção "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band", McCartney sugeriu que os Beatles lançassem um LP inteiro que representasse um espectáculo feito pela banda fictícia Sgt. Pepper. Este grupo alter ego acabou por lhes dar liberdade para fazerem experiências musicais. Durante as gravações, a banda esforçou-se para melhorar a qualidade da produção em comparação com os seus lançamentos anteriores. Sabendo que não iriam tocar as canções ao vivo, adotaram uma abordagem experimental para composição, escrevendo canções como "With a Little Help from My Friends", "Lucy in the Sky with Diamonds" e "A Day in the Life". As técnicas inovadoras de gravação implementadas pelo produtor George Martin incluíam a aplicação liberal da modelagem de som com processamento de sinal e o uso de uma orquestra de quarenta integrantes a tocar crescendos aleatórios. As gravações terminaram em 21 de abril de 1967. A capa, que mostra a banda em pose em frente a uma plateia de celebridades e de figuras históricas, foi criada pelos artistas britânicos Peter Blake e Jann Haworth, baseada num esboço de McCartney. Sgt. Pepper é considerado pelos musicólogos como um álbum conceitual, que desenvolveu o uso da forma usual na música popular enquanto continuava a maturação artística vista nos álbuns anteriores dos Beatles. Desde então, tem sido descrito como um dos primeiros LPs de art rock, auxiliando o desenvolvimento do rock progressivo, e creditado como marco inicial da ‘Era do Álbum’. Além de importante trabalho da psicodelia britânica, o disco de multigêneros incorpora diversas influências estilísticas, incluindo vaudeville, circense, music hall, avant-garde, e música clássica ocidental e indiana. Em 2003, a Biblioteca do Congresso Americana inseriu Sgt. Pepper no Registo Nacional de Gravações, honrando o trabalho como "culturalmente, historicamente, ou esteticamente significante". No mesmo ano, a revista Rolling Stone colocou-o em primeiro lugar na lista dos "500 Melhores Álbuns de Sempre" com a justificação de que é "uma aventura inultrapassável em conceito, som, composição, arte da capa e tecnologia de estúdio pelo melhor grupo de todos os tempos de rock and roll." Em 2014, já tinham sido vendidas mais de 30 milhões de cópias mundialmente, fazendo de Sgt. Pepper um dos álbuns mais vendidos da história da música. O Prof. Kevin J Dettmar, ao escrever para a Enciclopédia Oxford de Literatura Britânica, descreveu-o como "o mais importante e influente álbum de rock and roll alguma vez gravado". 
xsd:nonNegativeInteger 614 
Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band 
xsd:integer 92212 
xsd:nonNegativeInteger 152308 
xsd:integer 44507658 
<minute> 39.7 

data from the linked data cloud