Secessão de Viena

http://pt.dbpedia.org/resource/Secessão_de_Viena

A Secessão de Viena ou Secessão Vienense (1897-1920) foi o movimento de um grupo de jovens artistas no final do século XIX, constituído no âmbito da Künstlerhaus - tradicional sociedade dos artistas austríacos. Liderado por Gustav Klimt, um dos primeiros a sair da Künstlerhaus, o grupo desejava romper com o que representava a Cooperativa dos Artistas das Artes Decorativas da Áustria, fundada em 1861, e protestava contra as normas tradicionais, artísticas e étnicas da época .
Secessão de Viena 
A Secessão de Viena ou Secessão Vienense (1897-1920) foi o movimento de um grupo de jovens artistas no final do século XIX, constituído no âmbito da Künstlerhaus - tradicional sociedade dos artistas austríacos. Liderado por Gustav Klimt, um dos primeiros a sair da Künstlerhaus, o grupo desejava romper com o que representava a Cooperativa dos Artistas das Artes Decorativas da Áustria, fundada em 1861, e protestava contra as normas tradicionais, artísticas e étnicas da época . A carta de Gustav Klimt foi o primeiro documento escrito do grupo a impor suas concepções sobre a arte no seio da Cooperativa. O texto reconhece a necessidade de unir a vida artística de Viena ao progresso da arte em outros países, e esclarece a pretensão de conferir às atividades do grupo um caráter artístico e não apenas uma representação de interesses comerciais. O estatuto da associação, publicado no primeiro número da revista Ver Sacrum, resume os objetivos do grupo. Carl Emil Schorske interpretou o movimento como uma "revolta edipiana". Não como uma revolta de artistas excluídos - os primeiros secessionistas pertenciam à Künstlerhaus - mas como um conflito de gerações de filhos contra pais e a tradição destes. 
xsd:nonNegativeInteger 31 
xsd:integer 158806 
xsd:nonNegativeInteger 3456 
xsd:integer 40094598 

data from the linked data cloud