Sílvio Heck

http://pt.dbpedia.org/resource/Sílvio_Heck an entity of type: Thing

Sílvio Heck (Rio de Janeiro, 30 de outubro de 1905 — Rio de Janeiro, 5 de julho de 1988) foi um militar brasileiro.Foi ministro da Marinha do Brasil, de 31 de janeiro a 8 de setembro de 1961. Ocupou a pasta durante o governo de Jânio Quadros e no primeiro governo interino de Ranieri Mazzilli. Juntamente com os outros comandantes militares, Odílio Denys e Gabriel Grün Moss, foi contrário à posse de João Goulart no episódio conhecido como Campanha da Legalidade.
Sílvio Heck 
xsd:integer 1961 
sim 
sim 
outubro de 2013 
eiro 
Sílvio Heck 
sim 
Sílvio Heck (Rio de Janeiro, 30 de outubro de 1905 — Rio de Janeiro, 5 de julho de 1988) foi um militar brasileiro. Foi ministro da Marinha do Brasil, de 31 de janeiro a 8 de setembro de 1961. Ocupou a pasta durante o governo de Jânio Quadros e no primeiro governo interino de Ranieri Mazzilli. Juntamente com os outros comandantes militares, Odílio Denys e Gabriel Grün Moss, foi contrário à posse de João Goulart no episódio conhecido como Campanha da Legalidade. Segundo informações contidas no livro "o soldado absoluto", do jornalista e pesquisador Wagner William, página 383, em 1961 o então Coronel Carlos Ramos de Alencar, que assumira a Chefia do Scifi, descobriu um contrabando de armas no qual Sílvio Heck estava envolvido. A fonte original dessa informação está contida no livro "Ministério do Silêncio", página 113, de autoria do jornalista Lucas Figueiredo, que pesquisou a história do serviço secreto no Brasil.[carece de fontes] 
xsd:nonNegativeInteger 24 
Sílvio Heck 
xsd:integer 1739934 
xsd:nonNegativeInteger 2531 
xsd:integer 42250714 

data from the linked data cloud