Rouge

http://pt.dbpedia.org/resource/Rouge an entity of type: Thing

Rouge foi um girl group brasileiro de música pop formado em 2002 por meio do reality show Popstars, transmitido pelo Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) e produzido pela companhia argentina RGB. O grupo era originalmente composto por Aline Wirley, Fantine Thó, Karin Hils, Luciana Andrade e Patrícia Lissah, até a saída de Andrade do grupo ser anunciada em 2004. As integrantes foram selecionadas dentre 30 mil candidatas e assinaram um contrato com a gravadora Sony Music. O Rouge é considerado o girl group de maior sucesso da América Latina, baseando-se nas vendagens de discos.
Rouge 
xsd:integer 2002 
grupo_ou_banda 
Logorouge.png 
Logotipo inicial do grupo Rouge 
xsd:integer 250 
Rouge 
Rouge 
grupo_ou_banda 
Logotipo inicial do grupo Rouge 
Rouge foi um girl group brasileiro de música pop formado em 2002 por meio do reality show Popstars, transmitido pelo Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) e produzido pela companhia argentina RGB. O grupo era originalmente composto por Aline Wirley, Fantine Thó, Karin Hils, Luciana Andrade e Patrícia Lissah, até a saída de Andrade do grupo ser anunciada em 2004. As integrantes foram selecionadas dentre 30 mil candidatas e assinaram um contrato com a gravadora Sony Music. O Rouge é considerado o girl group de maior sucesso da América Latina, baseando-se nas vendagens de discos. O primeiro álbum de estúdio do grupo, Rouge (2002), vendeu mais de 2 milhões de cópias no Brasil. O sucesso do álbum foi impulsionado pelas canções "Não Dá pra Resistir", "Beijo Molhado" e, principalmente, "Ragatanga", este que ajudou a estabelecer o grupo como um fenômeno nacional, sendo denominado de "as Spice Girls brasileiras". Com o sucesso do álbum de estreia do grupo, ainda no mesmo ano foi lançado um álbum de remixes intitulado Rouge Remixes, visando o público da música eletrônica. O segundo álbum de estúdio, C'est La Vie (2003), vendeu aproximadamente 350 mil cópias, e produziu os hits "Brilha la Luna" e "Um Anjo Veio me Falar". Após a saída de Andrade, as quatro integrantes remanescentes prosseguiram e lançaram os álbuns Blá Blá Blá (2004) e Mil e uma Noites (2005). O grupo se separou definitivamente em 20 de dezembro de 2005, quando o contrato com a Sony Music expirou e não foi renovado. Ao longo de quatro anos, o grupo vendeu cerca de 6 milhões de discos,tornando-se o grupo feminino mais bem sucedido do Brasil e recebeu ao todo, três discos de ouro, três discos de platina, um disco de platina dupla pela ABPD. Sob a orientação de seu mentor e empresário, o produtor musical Rick Bonadio, elas embarcaram em turnês esgotadas pelo Brasil e diversos países da América Latina, Europa e África. Também foram estrelas de comerciais e programas de televisão, bem como os rostos de diversos produtos licenciados como álbuns de figurinhas, sandálias e bonecas. Em 17 de outubro de 2012, o grupo anunciou que faria um retorno para a realização de alguns shows, porém sem a integrante Luciana Andrade. apesar de gravarem novas canções em 2013, o retorno não foi realizado devido às burocracias. 
xsd:nonNegativeInteger 171 
Rouge 
xsd:integer 120785 
xsd:nonNegativeInteger 31588 
xsd:integer 44949415 

data from the linked data cloud