Revoluções de 1989

http://pt.dbpedia.org/resource/Revoluções_de_1989

As Revoluções de 1989, Outono das Nações, colapso do comunismo, Revoluções do Leste Europeu ou queda do comunismo são os nomes dados a uma onda revolucionária que varreu a Europa Central e Oriental no final de 1989, terminando na derrubada do modelo soviético dos Estados comunistas no espaço de poucos meses. Os nomes para esta série de eventos datam das Revoluções de 1848, também conhecidas como "A Primavera das Nações".
Revoluções de 1989 
xsd:integer 1989 
BerlinWall-BrandenburgGate.jpg 
A população ocupa o Muro de Berlim em 9 de novembro de 1989 
Revoluções de 1989 
Outono das Nações . Colapso do comunismo . Revoluções do Leste Europeu . Queda do comunismo 
queda dos regimes comunistas do leste europeu 
As Revoluções de 1989, Outono das Nações, colapso do comunismo, Revoluções do Leste Europeu ou queda do comunismo são os nomes dados a uma onda revolucionária que varreu a Europa Central e Oriental no final de 1989, terminando na derrubada do modelo soviético dos Estados comunistas no espaço de poucos meses. Os nomes para esta série de eventos datam das Revoluções de 1848, também conhecidas como "A Primavera das Nações". Os eventos da revolução, sem derramamento de sangue, tiveram início na Polônia, prosseguiram na Hungria e, em seguida, levaram a uma onda de revoluções majoritariamente pacíficas na Alemanha Oriental, Tchecoslováquia e Bulgária. A Roménia foi o único país do bloco do Leste que derrubou o regime comunista violentamente e executou o seu chefe de Estado. Os Protestos na Praça da Paz Celestial de 1989 não conseguiram mudanças políticas na China. Na Eslovénia, então parte da antiga Iugoslávia, o mesmo processo teve início na Primavera de 1988, mas teve pouca influência sobre o desenvolvimento em outros países socialistas, com exceção de na vizinha Croácia. Os eventos subsequentes que continuaram em 1990 e 1991 são, por vezes, também referidos como uma parte das revoluções de 1989. A Albânia e Iugoslávia abandonaram o comunismo entre 1990 e 1991: a última, dividida em cinco estados sucessores em 1992. Eram eles: Eslovênia, Croácia, República da Macedônia, Bósnia e Herzegovina e República Federal da Iugoslávia (incluindo Sérvia e Montenegro). A União Soviética foi dissolvida até o final de 1991, resultando na Rússia e 14 novas nações que declararam sua independência da União Soviética: Armênia, Azerbaijão, Bielorrússia, Cazaquistão, Estônia, Geórgia, Letônia, Lituânia, Moldávia, Quirguistão, Tajiquistão, Turquemenistão, Ucrânia e Uzbequistão. O impacto foi sentido em dezenas de países socialistas. O socialismo foi abandonado em países como a Camboja, Etiópia, e Mongólia. O colapso do comunismo levaram os especialistas a declarar o fim da Guerra Fria. Reformas na Europa Oriental, bem como na República Popular da China e no Vietnã, começaram a abraçar o capitalismo. Os acontecimentos em 1989-1991 mudaram dramaticamente o equilíbrio de poder mundial e marcaram (com o subsequente colapso da União Soviética) o fim da Guerra Fria e o início de uma nova era: a Nova Ordem Mundial. 
xsd:nonNegativeInteger 471 
xsd:integer 2521683 
xsd:nonNegativeInteger 62289 
xsd:integer 44698764 

data from the linked data cloud