Revolução Xinhai

http://pt.dbpedia.org/resource/Revolução_Xinhai

A Revolução Xinhai ou Revolução Hsinhai (em chinês:辛亥革命, pinyin: Xinhai Gémìng), também conhecida como a Revolução de 1911 ou a Primeira Revolução Chinesa, foi o derrube (10 de Outubro de 1911 - 12 de Fevereiro de 1912) da dinastia Qing e o estabelecimento da República da China. Começou com a Revolta de Wuchang em 10 de outubro de 1911 e o espalhar da insurreição republicana através das províncias do sul, e culminou com a abdicação do imperador Pu Yi em 12 de fevereiro de 1912, após longas negociações entre os regimes imperial e republicano rivais, baseados em Pequim e Nanjing respectivamente. As partes principais do conflito foram as forças imperiais da dinastia Qing (1644-1911), e as forças revolucionárias da Aliança Revolucionária Chinesa (Tongmenghui). A revolução é assim chamada porqu
Revolução Xinhai 
A Revolução Xinhai ou Revolução Hsinhai (em chinês:辛亥革命, pinyin: Xinhai Gémìng), também conhecida como a Revolução de 1911 ou a Primeira Revolução Chinesa, foi o derrube (10 de Outubro de 1911 - 12 de Fevereiro de 1912) da dinastia Qing e o estabelecimento da República da China. Começou com a Revolta de Wuchang em 10 de outubro de 1911 e o espalhar da insurreição republicana através das províncias do sul, e culminou com a abdicação do imperador Pu Yi em 12 de fevereiro de 1912, após longas negociações entre os regimes imperial e republicano rivais, baseados em Pequim e Nanjing respectivamente. As partes principais do conflito foram as forças imperiais da dinastia Qing (1644-1911), e as forças revolucionárias da Aliança Revolucionária Chinesa (Tongmenghui). A revolução é assim chamada porque a palavra Xinhai (辛亥) significa literalmente "Quarenta e oito", que é o nome de 1911, de acordo com o ciclo sexagesimal do calendário chinês. A Revolução Xinhai foi motivada pela raiva da corrupção no governo Qing, pela frustração com a incapacidade do governo para restringir as intervenções das potências estrangeiras, e pelo ressentimento da maioria étnica chinesa Han sendo dominada por uma minoria étnica (os manchus). A revolução não resulta imediatamente em uma forma republicana de governo, e sim no estabelecimento de um governo central provisório fraco sobre um país que se manteve politicamente fragmentado. A monarquia foi brevemente restaurada e abolida duas vezes, e houve um período de regime militar. Embora a revolução, celebrada em 12 de fevereiro de 1912, quando a República da China formalmente substituiu a dinastia Qing, o conflito interno persistiu. O país sofreu uma falha na Segunda Revolução, a "Era dos Senhores da Guerra" e a Guerra Civil Chinesa antes da criação oficial da República Popular da China em 1 de Outubro de 1949. A Revolução Xinhai foi a primeira tentativa para estabelecer uma república na China, que conseguiu com sucesso derrubar o governo anterior. 
xsd:nonNegativeInteger 123 
xsd:integer 25838 
xsd:nonNegativeInteger 14161 
xsd:integer 44311258 

data from the linked data cloud