Resistência periférica total

http://pt.dbpedia.org/resource/Resistência_periférica_total

Resistência periférica total é o somatório das resistências que todos os pequenos vasos do sistema circulatório opõem ao fluxo sanguíneo.Consoante esses vasos pertençam à circulação sistémica, ou grande circulação, ou à circulação pulmonar, ou pequena circulação assim denominamos de resistências vasculares sistémicas ou de resistências vasculares pulmonares.As resistências vasculares sistémicas evidenciam-se pela pressão arterial diastólica. As pulmonares evidenciam-se pelo gradiente existente entre a pressão na artéria pulmonar e a pressão existente dentro da aurícula direita.
Resistência periférica total 
Resistência periférica total é o somatório das resistências que todos os pequenos vasos do sistema circulatório opõem ao fluxo sanguíneo. Consoante esses vasos pertençam à circulação sistémica, ou grande circulação, ou à circulação pulmonar, ou pequena circulação assim denominamos de resistências vasculares sistémicas ou de resistências vasculares pulmonares. As resistências vasculares sistémicas evidenciam-se pela pressão arterial diastólica. As pulmonares evidenciam-se pelo gradiente existente entre a pressão na artéria pulmonar e a pressão existente dentro da aurícula direita. Embora pertencendo à circulação sistémica, as resistências cerebrais são estudadas isoladamente já que refletem o grau de espessamento da parede dos pequenos vasos cerebrais e a evolução da arteriosclerose cerebral. Aumentam discretamente com a idade, de modo fisiológico. São estudadas pelo efeito doppler, com aparelho do tipo doppler contínuo ou, doppler pulsado durante o exame denomimado de Ecodoppler carotídeo e vertebral 
xsd:nonNegativeInteger
xsd:integer 203646 
xsd:nonNegativeInteger 1402 
xsd:integer 42147794 

data from the linked data cloud