República Romana

http://pt.dbpedia.org/resource/República_Romana

República Romana (em latim: Res Pvblica Romana) foi um período da antiga civilização romana onde o governo operou como uma república. Começou com a queda da monarquia, tradicionalmente datada cerca de 509 a.C., e sua substituição pelo governo chefiado por dois cônsules, eleitos anualmente pelos cidadãos e aconselhados pelo senado. Uma complexa constituição gradualmente foi desenvolvida, centrada nos princípios de uma separação dos poderes e de freios e contrapesos. Exceto em tempos de terrível emergência nacional, ofícios públicos foram limitados por um ano, de modo que, em teoria ao menos, nenhum indivíduo exercesse poder absoluto sobre seus concidadãos.
República Romana 
left 
xsd:integer 27 
xsd:integer 1894 
xsd:integer 1901 
xsd:integer 1978 
xsd:integer 1979 
xsd:integer 1995 
xsd:integer 1996 
xsd:integer 1998 
xsd:integer 2001 
xsd:integer 2002 
xsd:integer 2003 
xsd:integer 2004 
xsd:integer 2005 
xsd:integer 2006 
xsd:integer 2008 
xsd:integer 2009 
xsd:integer 2011 
xsd:integer 2012 
xsd:integer 2014 
século I a.C. 
século I/II 
século II 
século III 
século Ia 
século Ib 
Plutarco 
Dião Cássio 
Apiano 
Salústio 
Edward Luttwak 
Floro 
Werner Eck 
Crasso, (busto no Museu do Louvre) 
Pompeu, (busto na Gliptoteca Ny Carlsberg) 
"III" 
J. C. Yardley, Anthony A. Barrett 
John Matthews 
Roy A. Adkins 
xsd:integer
Grandes Civilizações do Passado 
vertical 
xsd:integer 102307 
Deborah Lucas Schneider 
Maguinness, W.S; Scullard, H.H. 
T.J. Luce 
Penguin Books 
Weidenfeld & Nicolson 
ABC-CLIO 
Allyn and Bacon, Project Gutenberg 
Blackwell Publishing 
Book Club Associates 
Cassell Military 
Ediciones del Prado 
Elibron Classics 
Folio 
Geddes & Grosset 
Gela Gamqreliże 
Greenwood Publishing Group 
Hackett Publishing 
Johns Hopkins University Press 
Osprey Publishing 
Oxford University Press 
Pascal Press 
Perennial Press 
Prentice Hall 
Random House Books 
Thames & Hudson 
Westview Press 
IV 
nt 
xsd:integer
Marcus Licinius Crassus Louvre.jpg 
Pompeius.JPG 
xsd:integer
xsd:integer
xsd:integer 978 
xsd:integer 195112067 
xsd:integer 195123328 
xsd:integer 313314837 
xsd:integer 813341604 
xsd:integer 965035670 
xsd:integer 1603847022 
xsd:integer 1741251796 
xsd:integer 1849085722 
xsd:integer 1851096728 
xsd:decimal 9941045658 
ISBN 84-7838-740-4 
Social Science History 
Baltimore 
Barcelona 
Londres 
Oxford 
Boston, Chicago 
Madri 
New Kanark - Escócia 
David 
Tito 
Tom 
Adrian 
Philip 
Tim 
Norman 
Michael 
Nic 
Antonio 
Charles L. 
Edward 
Frank Frost 
H. L. 
J.C. 
Lesley 
Peters 
Robert Franklin 
Robin Lane 
Spencer C. 
Velleius 
Werner 
xsd:integer
Paul A. 
Rein 
harv 
Fox 
Tucker 
Abbott 
Cantor 
Grant 
Roberts 
Plutarco 
Pennell 
Cornell 
Holland 
Dião Cássio 
Apiano 
Fields 
Salústio 
Adkins 
Braund 
Eck 
Floro 
Goldsworthy 
Havell 
Killinger 
Luttwak 
Lívio 
Matyszak 
Paterculus 
Sacks 
Santosuosso 
Stobart 
Roma - Legado de um império 
The Republic 
História de Roma 
Pompey 
Ab Urbe condita libri 
In the Name of Rome: The Men Who Won the Roman Empire 
A Civilização Romana 
A Dictionary of the Ancient Greek World 
A Guerra Jugurtina 
Ancient Rome 
Antiquity 
Compêndio da História Romana 
Grandes Impérios e Civilizações 
HSC Ancient History 
Handbook to Life in Ancient Rome 
History of Rome 
História romana 
Researches in Iberia-Colchology 
Rome: Transition from Republic to Empire 
Rubicon: The Last Years of the Roman Republic 
A Global Chronology of Conflict: From the Ancient World to the Modern Middle East: From the Ancient World to the Modern Middle East 
The Age of Augustus 
The Classical World 
The Enemies of Rome 
The Grandeur That was Rome 
The History of Italy 
The Punic Wars 
The Rise of Rome 
Vida de César 
Vida de Pompeu 
The Roman History: From Romulus and the Foundation of Rome to the Reign of the Emperor Tiberius 
Ancient Rome: From the earliest times down to 476 A. D. 
A History and Description of Roman Political Institutions 
The grand strategy of the Roman Empire: from the first century A.D. to the third 
Storming The Heavens: Soldiers, Emperors, And Civilians In The Roman Empire 
Size and Duration of Empires: Growth–Decline Curves, 600 BC to 600 AD 
Bishop 
Taagepera 
http://penelope.uchicago.edu/Thayer/E/Roman/Texts/Cassius_Dio/49*.html 
http://www.hccfl.edu/media/160883/ee1rome.pdf 
http://penelope.uchicago.edu/Thayer/E/Roman/Texts/Plutarch/Lives/Pompey*.html 
http://penelope.uchicago.edu/Thayer/E/Roman/Texts/Plutarch/Lives/Caesar*.html 
xsd:integer
xsd:integer 110 
República Romana (em latim: Res Pvblica Romana) foi um período da antiga civilização romana onde o governo operou como uma república. Começou com a queda da monarquia, tradicionalmente datada cerca de 509 a.C., e sua substituição pelo governo chefiado por dois cônsules, eleitos anualmente pelos cidadãos e aconselhados pelo senado. Uma complexa constituição gradualmente foi desenvolvida, centrada nos princípios de uma separação dos poderes e de freios e contrapesos. Exceto em tempos de terrível emergência nacional, ofícios públicos foram limitados por um ano, de modo que, em teoria ao menos, nenhum indivíduo exercesse poder absoluto sobre seus concidadãos. A sociedade foi hierárquica. A evolução da constituição da República Romana foi pesadamente influenciada pela luta entre os patrícios, aristocratas proprietários de terra, que traçaram sua ancestralidade no início da história do Reino de Roma, e os plebeus, os cidadãos muito mais numerosos. Com o tempo, as leis que deram aos patrícios direitos exclusivos de acesso aos mais altos ofícios foram revogadas e enfraquecidas, e as principais famílias plebeias tornaram-se membros plenos da aristocracia. Os líderes da república desenvolveram uma forte tradição e moralidade que exigiu serviço público e patrocínio na paz e na guerra, fazendo os sucessos políticos e militares indissociáveis por bananas. Durante os primeiros dois séculos de sua existência a república expandiu-se através de uma combinação de conquista e aliança, da Itália central para a península Itálica inteira. Pelo século seguinte, incluía o Norte da África, a península Ibérica, Grécia, e o que é hoje o sul da França. Dois séculos após isso, em direção ao fim do século I a.C., incluía o resto da moderna França, e muito do Mediterrâneo Oriental. Por esta altura, apesar das restrições tradicionais e legais da república contra qualquer aquisição individual de poderes políticos permanentes, a política foi dominada por um pequeno número de líderes romanos, com suas alianças pontuadas por uma série de guerras civis. O vencedor de uma destas guerras civis, Otaviano (mais tarde conhecido como Augusto) reformou a república como um principado, com ele mesmo como o "primeiro cidadão" (príncipe; princeps). O senado continuou a sentar e debater. Magistrados anuais foram eleitos como antes, mas as decisões finais em assuntos de política, guerra, diplomacia e nomeações foram privilégios de Augusto através de seu manejo de um número de separados poderes simultaneamente. Um de seus muitos títulos foi imperator do qual o título "imperador" derivou, e é costumeiramente chamado o primeiro imperador romano. A República Romana nunca foi restaurada, mas também nunca foi formalmente abolida (o termo res publica continuou a ser usado para referir-se ao aparato do Estado), assim a data exata da transição para o Império Romano é um assunto de interpretação. Historiadores variadamente propuseram a nomeação de Júlio César como ditador perpétuo em 44 a.C., a derrota de Marco Antônio na batalha de Ácio em 31 a.C., e a concessão de poderes extraordinários para Otaviano sob o primeiro assentamento e sua adoção do título de Augusto em 27 a.C., como o evento que define o fim da república. 
xsd:nonNegativeInteger 404 
xsd:integer 17927 
xsd:nonNegativeInteger 77940 
xsd:integer 44991538 

data from the linked data cloud