Rafflesiaceae

http://pt.dbpedia.org/resource/Rafflesiaceae an entity of type: Thing

Rafflesiaceae é uma família botânica cuja espécie mais conhecida, Rafflesia arnoldii, é uma planta de cor vermelha escura e cheiro parecido com o de carne podre, cujas flores são consideradas umas das maiores do mundo (podendo ter mais de um metro de largura e pesando até sete quilos), sendo encontrada no chão das selvas do sudeste da Ásia.É uma planta parasita (se abriga junto a casca da parreira tropical, e se alimenta dos nutrientes da planta) da família de plantas angiospérmicas (plantas com flor - divisão Magnoliophyta).
Rafflesiaceae 
lightgreen 
Rafflesia kerrii flower.jpg 
Flor da Rafflesia kerrii. 
Rafflesiaceae 
Ver texto. 
Géneros 
lightgreen 
Rafflesiaceae é uma família botânica cuja espécie mais conhecida, Rafflesia arnoldii, é uma planta de cor vermelha escura e cheiro parecido com o de carne podre, cujas flores são consideradas umas das maiores do mundo (podendo ter mais de um metro de largura e pesando até sete quilos), sendo encontrada no chão das selvas do sudeste da Ásia. É uma planta parasita (se abriga junto a casca da parreira tropical, e se alimenta dos nutrientes da planta) da família de plantas angiospérmicas (plantas com flor - divisão Magnoliophyta). A ordem à qual pertence esta família está por sua vez incluida na classe Magnoliopsida (Dicotiledóneas): desenvolvem portanto embriões com dois ou mais cotilédones. Esta família inclui 9 géneros, que na sua totalidade se subdividem em cerca de 50 espácies. A família dessa planta é a euphorbiaceae, tal descoberta deu-se a partir da análise do DNA da planta por pesquisadores americanos. Em janeiro de 2007, conforme publicado na revista Science, utilizou-se a técnica mencionada para identificar os ancestrais da Rafflesiaceae, que engloba cerca de cinquenta espécies individuais. Tal fato foi marcado por surpresa pela comunidade botânica pois a referida família é composta de plantas com flores minúsculas como a seringueira e o arbusto da mandioca. Tal estudo mostrou que há cerca de 46 milhoes de anos a flor começou a evolui em um ritmo acelerado, cerca de 2mm a cada ano, para poder ter as dimensões que tem hoje. Segundo um pesquisador do estudo que revelou a correta família da Rafflesiaceae, Charles Davis da Universidade de Harvard, as plantas em questão nascem exclusivamente em florestas tropicais, e ficam no chão, sendo prejudicada normalmente sua polinização pela pouca luz. Assim, sustenta o autor, evolutivamente a planta obteve o odor de carne podre e de flores gigantesca pois "se transformaram em um sinal de parada e pista visual mais eficaz para atrair estas moscas para que elas possam polinizar a planta". 
xsd:nonNegativeInteger 36 
Rafflesiaceae 
xsd:integer 254434 
xsd:nonNegativeInteger 3425 
xsd:integer 42875423 

data from the linked data cloud