Rōmaji

http://pt.dbpedia.org/resource/Rōmaji

O rōmaji (ローマ字 rōmaji , lit. "letra romana") é empregado na transcrição fonética da língua japonesa para o alfabeto latino (ou romano). O japonês é escrito normalmente ou em kanjis (mais de 3 mil ideogramas) ou em hiraganas e katakanas (72 idiogramas cada alfabeto). A romanização está presente onde há mensagens destinadas a estrangeiros, como nas sinalizações de rua, em passaportes, em dicionários e em livros didáticos para os estudantes da língua. É a transliteração da língua japonesa.
Rōmaji 
O rōmaji (ローマ字 rōmaji , lit. "letra romana") é empregado na transcrição fonética da língua japonesa para o alfabeto latino (ou romano). O japonês é escrito normalmente ou em kanjis (mais de 3 mil ideogramas) ou em hiraganas e katakanas (72 idiogramas cada alfabeto). A romanização está presente onde há mensagens destinadas a estrangeiros, como nas sinalizações de rua, em passaportes, em dicionários e em livros didáticos para os estudantes da língua. É a transliteração da língua japonesa. Existem diferentes sistemas de romanização, sendo que os principais são três: o sistema Hepburn, o Kunrei-shiki (ISO 3602) e o Nihon-shiki (ISO 3602 estrito). Sistemas variantes do Hepburn são os que estão em maior uso. Todos os japoneses que estudaram na escola fundamental depois da Segunda Grande Guerra foram ensinados a ler e a escrever em rōmaji, o japonês romanizado. A romanização é o método mais comum de se inserir palavras japonesas no computador e em processadores de texto. 
xsd:nonNegativeInteger 69 
xsd:integer 163125 
xsd:nonNegativeInteger 21433 
xsd:integer 43814514 

data from the linked data cloud