Quinto Concílio de Latrão

http://pt.dbpedia.org/resource/Quinto_Concílio_de_Latrão

O Quinto Concílio de Latrão foi o maior dos concílios ecumênicos medievais. Foi convocado pelo papa Júlio II. Depois da morte deste em 1513, foi continuado pelo papa Leão X.Condenação dos erros de Joaquim de Fiore, que pregava o fim do mundo para breve, apoiando-se em falsa exegese bíblica. Declaração da existência dos demônios como sendo anjos bons que abusaram do seu livre arbítrio pecando.
Quinto Concílio de Latrão 
O Quinto Concílio de Latrão foi o maior dos concílios ecumênicos medievais. Foi convocado pelo papa Júlio II. Depois da morte deste em 1513, foi continuado pelo papa Leão X. Condenação dos erros de Joaquim de Fiore, que pregava o fim do mundo para breve, apoiando-se em falsa exegese bíblica. Declaração da existência dos demônios como sendo anjos bons que abusaram do seu livre arbítrio pecando. Um dos importantes quetais discutidos na V Concílio de Latrão trata da imortalidade da alma. À época de sua convocação rondavam os católicos as doutrinas que diziam ser a alma humana una, de modo que seria a alma humana universal imortal, e não a alma de cada indivíduo. Assim, tal concílio preocupou-se em oferecer aos fiéis uma doutrina oficial, que determinava ser individual a alma humana e ser esta, indiscutivelmente, imortal. Outras decisões importantes deste concílio foram: 
xsd:nonNegativeInteger 24 
xsd:integer 824691 
xsd:nonNegativeInteger 2184 
xsd:integer 44081826 

data from the linked data cloud