Quatro elementos

http://pt.dbpedia.org/resource/Quatro_elementos

Os quatro elementos - água, terra, fogo e ar - são uma referência em várias obras de expressão literária, plástica e filosófica. Os antigos filósofos da natureza acreditavam que esses eram os elementos básicos na constituição de A origem da teoria dos quatro elementos, ao menos no ocidente, está na Grécia, entre os filósofos pré-socráticos. Entre eles, a origem da matéria era atribuída a um elemento diferente: ora o fogo, ora a água.Os elementos da natureza pode ser associado aos estados físicos da matéria:
Quatro elementos 
Os quatro elementos - água, terra, fogo e ar - são uma referência em várias obras de expressão literária, plástica e filosófica. Os antigos filósofos da natureza acreditavam que esses eram os elementos básicos na constituição de A origem da teoria dos quatro elementos, ao menos no ocidente, está na Grécia, entre os filósofos pré-socráticos. Entre eles, a origem da matéria era atribuída a um elemento diferente: ora o fogo, ora a água. No entanto, é provável que essa discussão tenha vindo do Oriente, onde encontramos, na China, a Teoria dos Cinco Elementos. Estes são, na verdade, elementos sutis, ou melhor, estados de mutação da matéria-energia. Os escritos dos filósofos da Renascença, porém, levam a supor que o ocidente também via os elementos como forças sutis que se manifestariam através de transformações recíprocas. É o que se depreende do texto enciclopédico de Cornelius Agrippa, De occulta philosophia. Esta forma de ver os elementos justifica a ligação entre astrologia e alquimia, que ocorria naquela época. Também na Índia se vê a aplicação deste conceito de elementos que entram em partes equilibradas na composição da matéria, quando a medicina aiurvédica tenta equilibrar os três humores: vento, fogo e terra. Esses humores formaram a base da medicina de Hipócrates, e ainda fazem parte da psiquiatria, onde se sabe que certas doenças mentais graves, como a esquizofrenia, está associada a certos tipos físicos (como longilíneo, brevilíneo, etc.) A predominância de certo elemento, ou humor, determina o tipo físico da pessoa, segundo os médicos de Cós. A astrologia, quando usada para estudar aspectos médicos das doenças, investigava se a pessoa era do tipo sanguíneo (ar), fleumático (água), colérico (fogo) ou bilioso (terra, também chamado nervoso). A cada um desses biotipos corresponde, de acordo com a medicina antroposófica, o seguinte órgão: Cada um desses tipos teria então um órgão indicativo de seu estado de relativa saúde ou doença, e durante determinada estação do ano estaria mais propenso a desequilibrios. Os elementos da natureza pode ser associado aos estados físicos da matéria: 
xsd:nonNegativeInteger 86 
xsd:integer 2730943 
xsd:nonNegativeInteger 8556 
xsd:integer 44937578 

data from the linked data cloud