Quarto Concílio de Constantinopla (Ortodoxo)

http://pt.dbpedia.org/resource/Quarto_Concílio_de_Constantinopla_(Ortodoxo)

O Quarto Concílio de Constantinopla, de 879 - 880 d.C., é tido como o Oitavo Concílio Ecumênico pela Igreja Ortodoxa. Fócio tinha sido apontado como Patriarca de Constantinopla, mas foi deposto por um Concílio em Constantinopla convocado em 869 d.C. pelo imperador bizantino Basílio I, o Macedônio, e pelo Papa Adriano II. Convocado para 879 d.C., este concílio grego, realizado após Fócio ter sido reinstalado no cargo por ordem do imperador, anulou o anterior. Atualmente, a Igreja Católica reconhece o concílio de 869-870 como "Constantinopla IV", enquanto que a Igreja Ortodoxa reconhece o concílio de 879-880 como tal e reverencia Fócio como um santo. Na época em que estes concílios estavam sendo realizados, esta divisão não era totalmente clara.
Quarto Concílio de Constantinopla (Ortodoxo) 
xsd:date 2011-01-01 
xsd:integer 383 
George Dion Dragas 
T. R. Valentine 
Imperador Basílio I, o Macedônio 
xsd:integer 879 
Restauração de Fócio, proteção do credo de Niceia 
inglês 
Quarto Concílio de Constantinopla 
Constantinopla IV 
Legion of Mary 
O Oitavo Concílio Ecumênico: Constantinopla IV e a condenação da Adição Filioque e doutrina 
Oitavo Concílio Ecumênico 
Patriarca de Fócio 
http://web.archive.org/web/20050817074822/http://www.geocities.com/trvalentine/orthodox/dragas_eighth.html 
http://www.legionofmarytidewater.com/faith/ECUM08.HTM 
http://web.archive.org/web/20050530090000/http://www.geocities.com/trvalentine/orthodox/8-9synods.html 
O Quarto Concílio de Constantinopla, de 879 - 880 d.C., é tido como o Oitavo Concílio Ecumênico pela Igreja Ortodoxa. Fócio tinha sido apontado como Patriarca de Constantinopla, mas foi deposto por um Concílio em Constantinopla convocado em 869 d.C. pelo imperador bizantino Basílio I, o Macedônio, e pelo Papa Adriano II. Convocado para 879 d.C., este concílio grego, realizado após Fócio ter sido reinstalado no cargo por ordem do imperador, anulou o anterior. Atualmente, a Igreja Católica reconhece o concílio de 869-870 como "Constantinopla IV", enquanto que a Igreja Ortodoxa reconhece o concílio de 879-880 como tal e reverencia Fócio como um santo. Na época em que estes concílios estavam sendo realizados, esta divisão não era totalmente clara. Estes dois concílios representam uma ruptura entre o ocidente e o oriente. Os primeiros sete concílios ecumênicos são reconhecidos como ecumênicos e autoritativos tanto pela tradição grega oriental quanto pela tradição latina ocidental. Esta divisão culminou eventualmente no Grande Cisma do Oriente em 1054 d.C. 
xsd:nonNegativeInteger 46 
xsd:integer 3061023 
xsd:nonNegativeInteger 8041 
xsd:integer 43167858 

data from the linked data cloud