Pseudo-Apolodoro

http://pt.dbpedia.org/resource/Pseudo-Apolodoro

Pseudo-Apolodoro é o nome dado ao autor da Biblioteca, anteriormente atribuída a Apolodoro de Atenas (século II a.C.). Nada se sabe de sua vida ou de outras obras que porventura tenha escrito. É aceite entre os estudiosos que sua obra foi escrita no século I ou II d.C.A fonte mais importante da Biblioteca que foi perdida é o trabalho de Ferécida de Atenas, um mitógrafo do século V a.C.
Pseudo-Apolodoro 
Pseudo-Apolodoro é o nome dado ao autor da Biblioteca, anteriormente atribuída a Apolodoro de Atenas (século II a.C.). Nada se sabe de sua vida ou de outras obras que porventura tenha escrito. É aceite entre os estudiosos que sua obra foi escrita no século I ou II d.C. A Biblioteca é um apanhado de textos sobre mitologia grega. É uma das fontes mais completas sobre o assunto. Parece que o Pseudo-Apolodoro era muito fiel às suas fontes. Por exemplo, a passagem da Biblioteca sobre Édipo é muito próxima do Édipo-Rei de Sófocles, assim como o texto sobre Alceste, filha de Pélias, está muito próxima da tragédia de mesmo nome de Eurípedes. A fonte mais importante da Biblioteca que foi perdida é o trabalho de Ferécida de Atenas, um mitógrafo do século V a.C. O texto que temos hoje da Biblioteca é fragmentário. Existem dois manuscritos, idênticos em sua maior parte, que resumem o conteúdo da obra. A partir deles, James Frazer escreveu a obra Epitome, que procura preencher as lacunas do texto original. 
xsd:nonNegativeInteger 15 
xsd:integer 1636441 
xsd:nonNegativeInteger 1613 
xsd:integer 44158943 

data from the linked data cloud