Protocolo de tunelamento

http://pt.dbpedia.org/resource/Protocolo_de_tunelamento

Redes de computadores utilizam um protocolo de tunelamento quando um protocolo de rede (o protocolo de entrega) encapsula um protocolo de carga diferente. Por meio da utilização de tunelamento pode-se, por exemplo, transportar uma carga (dados) sobre uma rede de entrega incompatível, ou fornecer um caminho seguro através de uma rede não confiável. Lembra a ideia de um túnel entre uma origem e um destino.É importante salientar que a prática do Tunnelling não é ilegal caso o fluxo de conteúdo esteja de acordo com as normas da instituição.
Protocolo de tunelamento 
Redes de computadores utilizam um protocolo de tunelamento quando um protocolo de rede (o protocolo de entrega) encapsula um protocolo de carga diferente. Por meio da utilização de tunelamento pode-se, por exemplo, transportar uma carga (dados) sobre uma rede de entrega incompatível, ou fornecer um caminho seguro através de uma rede não confiável. Lembra a ideia de um túnel entre uma origem e um destino. Tunelamento normalmente contrasta com um modelo de protocolo em camadas como aqueles do modelo OSI ou TCP/IP. Geralmente, o protocolo de entrega opera em um nível igual ou maior no modelo em que o protocolo de carga opera. Em se tratando de um ramo do protocolo TCP/IP, o SSH e o Telnet, pode-se criar uma conexão entre dois computadores, intermediada por um servidor remoto, fornecendo a capacidade de redirecionar pacotes de dados. Por exemplo, se alguém se encontra dentro de uma instituição cuja conexão à Internet é protegida por um firewall que bloqueia determinadas portas de conexão, não será possível, por exemplo, acessar e-mails via POP3, o qual utiliza a porta 110, nem enviá-los via SMTP, pela porta 25. As duas portas essenciais são a 80, para HTTP e a 443, para HTTPS, as quais garantem uma navegação em páginas da Web sem restrições. Para evitar conexões indesejadas ou que comprometam a segurança da instituição as demais portas não são abertas pelo administrador de rede. Contudo, isso compromete a dinamicidade de aplicações na Internet. Um funcionário ou aluno que queira acessar painéis de controle de sites, arquivos via FTP ou amigos via Instant Messengers, por exemplo, não terá a capacidade de fazê-lo, uma vez que as respectivas portas para seus funcionamentos estão bloqueadas. Para quebrar essa imposição rígida, porém necessária, o SSH oferece o recurso do Túnel. O processo se caracteriza por duas máquinas ligadas ao mesmo servidor SSH, que faz apenas o redirecionamento das requisições do computador que está sob firewall. O usuário envia para o servidor um pedido de acesso ao servidor pop.xxxxxxxx.com pela porta 443 (HTTPS), por exemplo. Então, o servidor acessa o computador remoto e requisita a ele o acesso ao protocolo, retornando um conjunto de pacotes referentes à aquisição. O servidor codifica a informação e a retorna ao usuário via porta 443. Sendo assim, o usuário tem acesso a toda a informação que necessita. É importante salientar que a prática do Tunnelling não é ilegal caso o fluxo de conteúdo esteja de acordo com as normas da instituição. 
xsd:nonNegativeInteger 32 
xsd:integer 69460 
xsd:nonNegativeInteger 5038 
xsd:integer 44107045 

data from the linked data cloud