Proteína

http://pt.dbpedia.org/resource/Proteína

Proteínas são macromoléculas biológicas constituídas por uma ou mais cadeias de aminoácidos. As proteínas estão presentes em todos os seres vivos e participam em praticamente todos os processos celulares, desempenhando um vasto conjunto de funções no organismo, como a replicação de ADN, a resposta a estímulos e o transporte de moléculas. Muitas proteínas são enzimas que catalisam reações bioquímicas vitais para o metabolismo. As proteínas têm também funções estruturais ou mecânicas, como é o caso da actina e da miosina nos músculos e das proteínas no citoesqueleto, as quais formam um sistema de andaimes que mantém a forma celular. Outras proteínas são importantes na sinalização celular, resposta imunitária e no ciclo celular. As proteínas diferem entre si fundamentalmente na sua sequência
Proteína 
xsd:integer 16 
xsd:integer 18  30 
right 
xsd:integer 1985 
xsd:integer 1992 
xsd:integer 1994 
xsd:integer 1995 
xsd:integer 1996 
xsd:integer 1997 
xsd:integer 1999 
xsd:integer 2000 
xsd:integer 2002 
xsd:integer 2003 
xsd:integer 2004 
xsd:integer 2005 
xsd:integer 2006 
xsd:integer 2007 
xsd:integer 2008 
xsd:integer 2009 
xsd:integer 2010 
xsd:integer 2012 
xsd:integer 2015 
s. d. 
s. d. b 
EBI 
Granner DK 
Harper HW 
IUPAC 
Institute of Medicine 
Mathews, CK 
Mayes PA 
Organização Mundial de Saúde 
Rodwell VW 
USDA 
biology-online.org 
biology-online.org Dictionary 
Entre as principais fontes animais de proteína estão o leite materno, a fórmula infantil, carne, peixe, aves de criação, gema de ovo, queijo e iogurte. 
xsd:integer 17 
Engelen MP, Luiking YC, Deutz NE. 
Jennifer Pitzi Hellwig, Linda D. Meyers 
Melzer, Katarina; Pichard, Claude 
Neil Mann 
Peter Pellett 
Tooze, J 
Tymoczko JL, Stryer L 
Voet JG 
Stamler, Jeremiah; Dyer, Alan R.; Appel, Lawrence; Dennis, Barbara; Kesteloot, Hugo; Ueshima, Hirotsugu; Okayama, Akira; Chan, Queenie; Garside, Daniel B.; Beifan, Zhou 
Atkinson SA, MacDougall JD, Chesley A, Phillips S, Schwarcz HP 
Proteins 
xsd:integer 20 
vertical 
xsd:integer 101001  101016  101080  101093  101351 
A. D. McNaught, A. Wilkinson. 
McGraw-Hill 
Springer 
Wiley 
CRC Press 
Benjamin/Cummings Pub. Co., Inc 
Blackwell Scientific Publications 
Ebi.ac.uk 
Food and Agriculture Organization 
Garland Pub 
John Wiley 
Lange Medical Books/McGraw-Hill 
PWS Publishing Company 
The National Academies Press 
United States Department of Agriculture 
W H Freeman 
WHO Press 
Food and Agriculture Organization of the United Nations 
Institute of Medicine of the National Academies 
United States National Library of Medicine, National Institutes of Health 
xsd:integer
inglês 
Chickens in market.jpg 
Coulommiers lait cru.jpg 
Ensenada fish market 2.jpg 
xsd:integer 92  978 
xsd:integer
American Journal of Clinical Nutrition 
Archives of Internal Medicine 
Clinical Nutrition 
Nature Education 
Oklahoma Cooperative Extension Service, Division of Agricultural Sciences and Natural Resources • Oklahoma State University 
Journal of the American College of Nutrition 
International Journal of Sport Nutrition and Exercise Metabolism 
Boston 
Washington, D.C. 
Oxford 
Nova Jérsia 
Nova Iorque 
Hoboken 
New York 
Lausanne 
Menlo Park, California 
Junho 
xsd:integer 16 
Int J Sport Nutr. 
Journal of Applied Physiology 
Nucleic Acids Research 
International Journal of Sport Nutrition and Exercise Metabolism 
xsd:integer 102465 
xsd:integer 1474076  7550257  10592255  11023001  16401814  18577772  20189694 
Katherine 
João 
Peter 
Young 
Shane 
Gerald 
Paul 
Luke 
Alison 
E. 
GA 
JM 
Janice R. 
Jennifer J. 
KE 
Kal Renganathan 
Laurence 
MA 
Michael C. 
PW 
RF 
Waggle 
Nutrition Working Group of the International Olympic Committee 
xsd:integer 179  1203 
xsd:integer 304 
xsd:integer 413 
S23–S36 
T–3163–1 – T–3163–4 
harv 
Concepts and Experiments 
From Experimental Methods to Bioinformatics 
edição= 
IOC Consensus Conference on Nutrition for Sport 
Dietary Reference Intakes for Energy, Carbohydrate, Fiber, Fat, Fatty Acids, Cholesterol, Protein, and Amino Acids 
Amino acid content of foods and biological data on proteins 
The Catalytic Site Atlas at The European Bioinformatics Institute 
Are high-protein diets safe for weight loss? 
Biochemistry 
Bioinformatics 
Cell and Molecular Biology 
Compendium of Chemical Terminology 
DNA Sequencing 
Dietary reference intakes: macronutrients 
EFSA sets population reference intakes for protein 
Harper's Illustrated Biochemistry 
Human nutrition in the developing world 
Infant Nutrition and Feeding 
Introduction to Computational Molecular Biology 
Introduction to Protein Structure 
Protein Misfolding and Degenerative Diseases 
Protein and the Body 
Protein in diet 
Quaternary Structure 
Tertiary Structure 
The ENZYME database in 2000 
Association between protein intake and blood pressure: the INTERMAP Study 
Protein and amino acid requirements in human nutrition 
Do athletes need more dietary protein and amino acids? 
Energy and macronutrient requirements for physical fitness in exercising subjects 
Plant proteins in relation to human protein and amino acid nutrition 
Dietary Reference Intake: The Essential Guide to Nutrient Requirements 
A Report of the Panel on Macronutrients, Subcommittees on Upper Reference Levels of Nutrients and Interpretation and Uses of Dietary Reference Intakes, and the Standing Committee on the Scientific Evaluation of Dietary Reference Intakes 
A Review of Issues of Dietary Protein Intake in Humans 
Evaluation of protein requirements for trained strength athletes 
Absorption Kinetics of Amino Acids, Peptides, and Intact Proteins 
Beyond the Zone: Protein Needs of Active Individuals 
New protein foods in human health: nutrition, prevention and therapy 
Murray 
Alphey 
Branden 
Van Holde 
Voet 
http://www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/article/002467.htm 
xsd:integer 17  19  28  29  59  73  166 
xsd:integer 220 
proteína 
Bioquímica/Proteínas 
Berg 
FAO 
Vernon 
Hermann 
Elliott 
Lemon 
Latham 
Evert 
Bairoch 
Bilsborough 
EFSA 
Food and Nutrition Board 
Genton 
IOC 
Karp 
Meidanis 
Otten 
Reynaud 
Setubal 
Sharma 
Steinke 
Tarnopolsky 
Ten Have 
Zeratsky 
Proteínas são macromoléculas biológicas constituídas por uma ou mais cadeias de aminoácidos. As proteínas estão presentes em todos os seres vivos e participam em praticamente todos os processos celulares, desempenhando um vasto conjunto de funções no organismo, como a replicação de ADN, a resposta a estímulos e o transporte de moléculas. Muitas proteínas são enzimas que catalisam reações bioquímicas vitais para o metabolismo. As proteínas têm também funções estruturais ou mecânicas, como é o caso da actina e da miosina nos músculos e das proteínas no citoesqueleto, as quais formam um sistema de andaimes que mantém a forma celular. Outras proteínas são importantes na sinalização celular, resposta imunitária e no ciclo celular. As proteínas diferem entre si fundamentalmente na sua sequência de aminoácidos, que é determinada pela sua sequência genética e que geralmente provoca o seu enovelamento numa estrutura tridimensional específica que determina a sua atividade. Ao contrário das plantas, os animais não conseguem sintetizar todos os aminoácidos de que necessitam para viver. Os aminoácidos que o organismo não é capaz de sintetizar por si próprio são denominados aminoácidos essenciais e devem ser obtidos pelo consumo de alimentos que contenham proteínas, as quais são transformadas em aminoácidos durante a digestão. As proteínas podem ser encontradas numa ampla variedade de alimentos de origem animal e vegetal. A carne, os ovos, o leite e o peixe são fontes de proteínas completas. Entre as principais fontes vegetais ricas em proteína estão os legumes, principalmente o feijão, as lentilhas, a soja ou o grão-de-bico. A grande maioria dos aminoácidos está disponível na dieta humana, pelo que uma pessoa saudável com uma dieta equilibrada raramente necessita de suplementos de proteínas. A necessidade é também maior em atletas ou durante a infância, gravidez ou amamentação, ou quando o corpo se encontra em recuperação de um trauma ou de uma operação. Quando o corpo não recebe as quantidades de proteínas necessárias verifica-se insuficiência e desnutrição proteica, a qual pode provocar uma série de doenças, entre as quais atraso no desenvolvimento em crianças ou kwashiorkor. Uma proteína contém pelo menos uma cadeia polímérica linear derivada da condensação de aminoácidos, ou polipeptídeo. Os resíduos individuais de aminoácidos estão unidos entre si através de ligações peptídicas. A sequência dos resíduos de aminoácidos em cada proteína é definida pela sequência de um gene, a qual está codificada no código genético. Durante ou após o processo de síntese, os resíduos de uma proteína são muitas vezes alterados quimicamente através de modificação pós-traducional, a qual modifica as propriedades físicas e químicas das proteínas, o seu enovelamento, estabilidade, atividade e, por fim, a sua função. Nalguns casos as proteínas têm anexados grupos não peptídicos, os quais são denominados cofatores ou grupos prostéticos. As proteínas podem também trabalhar em conjunto para desempenhar determinada função, agrupando-se em complexos proteicos. As proteínas podem ser purificadas a partir de outros componentes celulares recorrendo a diversas técnicas, como a precipitação, ultracentrifugação, eletroforese e cromatografia. Entre os métodos usados para estudar a estrutura e funções das proteínas estão a imuno-histoquímica, mutagénese sítio-dirigida, ressonância magnética nuclear e espectrometria de massa. 
xsd:nonNegativeInteger 469 
xsd:integer 7587 
xsd:nonNegativeInteger 88458 
xsd:integer 44942416 

data from the linked data cloud