Primeira Cruzada

http://pt.dbpedia.org/resource/Primeira_Cruzada an entity of type: Thing

A Primeira Cruzada foi proclamada em 1095 pelo papa Urbano II com o objetivo duplo de auxiliar os cristãos ortodoxos do leste e libertar Jerusalém e a Terra Santa do jugo muçulmano. Na verdade, não foi um único movimento, mas um conjunto de acções bélicas de inspiração religiosa, que incluiu a Cruzada Popular, a Cruzada dos Nobres e a Cruzada de 1101.
Primeira Cruzada 
left 
right 
Altas 
Eleição deGodofredo de Bulhão como Protector do Santo Sepulcro 
O massacre de Antioquia, ilustração de Gustave Doré 
Iluminura medieval de Ademar de Monteil empunhando a lança do destino no cerco de Antioquia 
Iluminura do massacre dos peregrinos da Cruzada Popular na Anatólia 
O papa Urbano II numa gravura do século XIV 
Reconquista cristã da península Ibérica 
A conquista de Jerusalém em 1099, a partir de um manuscrito medieval 
Judeus sendo mortos por cruzados durante a Primeira Cruzada. 
Império Bizantino imediatamente antes da Primeira Cruzada 
Iluminura do Concílio de Clermont no Livre des Passages d'Outre-mer, c.1490 
Aleixo I Comneno 
Balduíno I de Jerusalém 
Boemundo I de Antioquia 
Constantino I da Arménia 
Danishmend Gazi 
Duqaq 
Eustácio III de Bolonha 
Fakhr al-Mulk Radwan 
Godofredo de Bulhão 
Guilherme Embriaco 
Hugo I de Vermandois 
Iftikhar al-Dawla 
Kerbogha 
Kilij Arslan I 
Manuel Butumita 
Raimundo IV de Toulouse 
Roberto II da Flandres 
Roberto II da Normandia 
Tancredo da Galileia 
Yaghi-Siyan 
vertical 
Cruzados 
Desconhecido 
homens 
cavalaria 
infantaria 
Bizantinos: 
homens: 
xsd:integer 1099 
Adhémar de Monteil à Antioche.jpeg 
Anatoliabeforecrusade-pt.svg 
CouncilofClermont.jpg 
FirstCrusade.jpg 
Gustave dore crusades the massacre of antioch.jpg 
PeoplesCrusadeMassacre.jpg 
Urban ii - Roman de Godfroi de Bouillon.jpg 
pt-Reconquista2.jpg 
Election de Godefroi de Bouillon comme avoué du Saint-Sépulchre .jpg 
xsd:integer 1099 
Cerco de Jerusalém que terminou com a sua captura em 1099. 
Levante e Anatólia 
Primeira Cruzada 
Vitória dos cruzados 
Criação do Reino de Jerusalém e dos Estados cruzados 
Captura de Jerusalém através do Cerco de Jerusalém 
xsd:integer 150  180  250 
Califado Abássida 
Império Bizantino 
Reino da Inglaterra 
Califado Fatímida 
República de Gênova 
Condado de Bolonha 
Condado de Blois 
Condado de Vermandois 
Ducado da Normandia 
Reino da França 
Condado da Sicília 
Condado de Flandres 
Condado de Toulouse 
Danismendidas 
Diocese de Le Puy-en-Velay 
Principado de Taranto 
Altas 
Califado Abássida 
Califado Fatímida 
Condado da Sicília 
Condado de Blois 
Condado de Bolonha 
Condado de Flandres 
Condado de Toulouse 
Condado de Vermandois 
Danismendidas 
Diocese de Le Puy-en-Velay 
Ducado da Normandia 
Império Bizantino 
Principado de Taranto 
Reino Armênio da Cilícia 
Reino da França 
Reino da Inglaterra 
República de Gênova 
Sultanato de Rum 
Vitória dos cruzados 
Parte das Cruzadas 
A Primeira Cruzada foi proclamada em 1095 pelo papa Urbano II com o objetivo duplo de auxiliar os cristãos ortodoxos do leste e libertar Jerusalém e a Terra Santa do jugo muçulmano. Na verdade, não foi um único movimento, mas um conjunto de acções bélicas de inspiração religiosa, que incluiu a Cruzada Popular, a Cruzada dos Nobres e a Cruzada de 1101. Começou com um apelo do Imperador Bizantino Aleixo I Comneno ao papa para o envio de mercenários para combater os turcos seljúcidas na Anatólia. Mas a resposta do cristianismo ocidental rapidamente se tornou em uma verdadeira migração de conquista territorial no Levante. Nobreza e povo de várias nações da Europa Ocidental fizeram a peregrinação armada até à Terra Santa, por terra e por mar, e tomaram a cidade de Jerusalém em julho de 1099, criando o Reino Latino de Jerusalém e outros estados cruzados. A Primeira Cruzada representou um marco na mentalidade e nas relações de cristãos ocidentais, cristãos orientais e muçulmanos. Apesar das suas conquistas terem eventualmente sido completamente perdidas, também foi o início da expansão do ocidente que, juntamente com a Reconquista da península Ibérica, resultaria na aventura dos descobrimentos e no imperialismo ocidental. 
xsd:nonNegativeInteger 843 
Parte dasCruzadas 
xsd:integer 68027 
xsd:nonNegativeInteger 72514 
xsd:integer 44894897 

data from the linked data cloud