Prenome (Roma Antiga)

http://pt.dbpedia.org/resource/Prenome_(Roma_Antiga)

O prenome (em latim: praenomen), segundo a convenção romana de nomes, correspondia com o nome próprio atual, sendo o único nome em que os pais tinham escolha. Por regra geral, somente a família imediata chamava uma pessoa pelo seu prenome.
Prenome (Roma Antiga) 
O prenome (em latim: praenomen), segundo a convenção romana de nomes, correspondia com o nome próprio atual, sendo o único nome em que os pais tinham escolha. Por regra geral, somente a família imediata chamava uma pessoa pelo seu prenome. Tratava-se de um nome pessoal dado a um varão recém nascido, após purificá-lo (lustrare), e era sempre coincidente com o de algum dos seus antepassados. Durante a maior parte da história romana, as mulheres não tinham prenome: as meninas recebiam o seu nome, sempre coincidente com o da sua família (gente). Assim, as meninas da família Júlia chamavam-se todas Júlia, e Cornélia as da gens Cornélia, até mesmo com posterioridade ao seu casamento. Apenas podia ser-lhes acrescentado um cognome que correspondia a um numeral para distinguir a sua posição no nascimento: Prima, Secunda, Tércia, …, Menor. 
xsd:nonNegativeInteger 20 
xsd:integer 2304677 
xsd:nonNegativeInteger 2539 
xsd:integer 43969789 

data from the linked data cloud