Peróxido de hidrogênio

http://pt.dbpedia.org/resource/Peróxido_de_hidrogênio

O peróxido de hidrogénio (português europeu) ou peróxido de hidrogênio (português brasileiro) que, em solução aquosa, é conhecido comercialmente como água oxigenada, é um líquido claro de fórmula química H2O2. Foi descrito a primeira vez por Louis Jacques Thénard, numa reacção de peróxido de bário com ácido nítrico.
Peróxido de hidrogênio 
O peróxido de hidrogénio (português europeu) ou peróxido de hidrogênio (português brasileiro) que, em solução aquosa, é conhecido comercialmente como água oxigenada, é um líquido claro de fórmula química H2O2. Foi descrito a primeira vez por Louis Jacques Thénard, numa reacção de peróxido de bário com ácido nítrico. Trata-se de um líquido viscoso e poderoso oxidante. É incolor à temperatura ambiente e apresenta característico sabor amargo. Quantidades pequenas de peróxido de hidrogénio gasoso ocorrem naturalmente no ar. O peróxido de hidrogénio é instável e quando perturbado, rapidamente se decompõe (através da enzima Catalase, presente em nosso corpo), de H2O2, em água (H2O) e oxigênio (O2) com libertação de calor. Deste modo, quando ele é transformado em água e oxigénio pela catalase, acaba por matar bactérias e vírus anaeróbicos (que não sobrevivem à presença de oxigénio), pois libera oxigénio puro, tendo a função de "Desinfectante Oxidante". Embora não seja inflamável, é poderoso agente oxidante que pode sofrer combustão espontânea em contacto com matéria orgânica ou alguns metais como o cobre ou o bronze. O peróxido de hidrogénio é encontrado em concentrações baixas (3-9%) em muitos produtos domésticos para uso medicinal e como clareador da roupa e do cabelo. Na indústria, o peróxido de hidrogénio é usado em concentrações mais elevadas para clarear tecidos, pasta de papel, e ainda como combustível para ajuste e correcção nas trajectórias e órbitas de satélites artificiais no espaço. Na área médica é usado como desinfectante ou agente esterilizante em autoclave de plasma. Na área química é usado como componente da espuma de borracha orgânica e outras substâncias químicas. Noutras áreas como na investigação é usado para medir a actividade de algumas enzimas como a catalase. O peróxido de hidrogénio actua ainda em diversos mecanismos de degradação de aminoácidos (em associação com amino-oxidases), por conta de seu poder oxidante elevado. Tal composto ainda pode actuar na fotossíntese (ciclo do glioxilato), e na síntese de glicose a partir de fontes que não contenham carboidratos (gliconeogénese). 
xsd:nonNegativeInteger 65 
xsd:integer 149145 
xsd:nonNegativeInteger 7548 
xsd:integer 43400458 

data from the linked data cloud