Patriarcado de Lisboa

http://pt.dbpedia.org/resource/Patriarcado_de_Lisboa

O Patriarcado de Lisboa é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica em Lisboa. O título de Patriarca é atribuído ao prelado de Lisboa desde 1716. O Patriarcado foi ereto inicialmente como diocese no século IV. Em 10 de novembro de 1394 a Diocese de Lisboa foi elevada à condição de Arquidiocese Metropolitana. Torna-se Sé Patriarcal no dia 7 de novembro de 1716, o que consubstancia a máxima dignidade honorífica atribuível pela Igreja Católica a uma arquidiocese. Com a atribuição da dignidade Patriarcal ao Arcebispo de Lisboa, este ultrapassa finalmente em importância o Arcebispo de Braga que, com o título de Primaz das Espanhas, foi até 1716 o mais elevado clérigo existente em Portugal.
Patriarcado de Lisboa 
Católica Romana 
xsd:integer 1149 
Mosteiro de São Vicente de Fora, Campo de Santa Clara, 
Se de Lisboa Frente.JPG 
xsd:integer 2044122  2404849 
O Patriarcado de Lisboa engloba o Distrito de Lisboa na sua totalidade e a região sul do Distrito de Leiria 
info@patriarcado-lisboa.pt 
xsd:integer 3735 
lisb 
Patriarcado de Lisboa 
xsd:integer 288 
Lisbonensis 
Patriarcado de Lisboa 
xsd:integer 496 
xsd:integer 17 
Francisco José Tito Espinheira 
João de Sousa Canilho 
Nuno Isidro Cordeiro Nunes 
O Patriarcado de Lisboa é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica em Lisboa. O título de Patriarca é atribuído ao prelado de Lisboa desde 1716. O Patriarcado foi ereto inicialmente como diocese no século IV. Em 10 de novembro de 1394 a Diocese de Lisboa foi elevada à condição de Arquidiocese Metropolitana. Torna-se Sé Patriarcal no dia 7 de novembro de 1716, o que consubstancia a máxima dignidade honorífica atribuível pela Igreja Católica a uma arquidiocese. Com a atribuição da dignidade Patriarcal ao Arcebispo de Lisboa, este ultrapassa finalmente em importância o Arcebispo de Braga que, com o título de Primaz das Espanhas, foi até 1716 o mais elevado clérigo existente em Portugal. Por privilégio concedido por bula pontifícia o Patriarca de Lisboa é sempre nomeado cardeal pelo Papa no primeiro consistório realizado após a sua elevação à prelazia lisbonense ou, caso exista um Cardeal-Patriarca Emérito, após este perder a sua condição de Cardeal Eleitor. Após a elevação ao título de Cardeal o Patriarca de Lisboa adota o título de Cardeal-Patriarca. É um dos raros Patriarcados residenciais da Igreja Católica de rito latino, em conjunto com o Patriarcado de Veneza e o Patriarcado latino de Jerusalém, existindo somente mais um Patriarcado titular, o Patriarcado das Índias Orientais. O atual Patriarca de Lisboa é D. Manuel Clemente, que tomou posse canónica do cargo a 6 de julho de 2013 e fez a entrada solene no Patriarcado no dia seguinte, 7 de julho de 2013, após o que tem o título de D. Manuel III, 17.º Patriarca de Lisboa. São Bispos Auxiliares de Lisboa D. Joaquim Augusto da Silva Mendes, , (bispo titular de Caliábria), D. José Augusto Traquina Maria (bispo titular de Lugura) e D. Nuno Brás da Silva Martins (bispo titular de Elvas). 
xsd:nonNegativeInteger 622 
xsd:integer 80131 
xsd:nonNegativeInteger 38810 
xsd:integer 44402221 

data from the linked data cloud