Papa Leão I

http://pt.dbpedia.org/resource/Papa_Leão_I an entity of type: Thing

Leão I (em latim: Leo), dito o Grande ou Magno, foi papa entre 29 de setembro de 440 e sua morte em novembro de 461. Um aristocrata de origem italiana, Leão foi o primeiro a receber o título de "o Grande". Ele é, provavelmente, mais famoso por ter ido ao encontro de Átila, o Huno, em 452 para persuadi-lo a desistir de sua invasão da Itália. Ele é também considerado um Doutor da Igreja, lembrado teologicamente por seu "Tomo de Leão", um documento que foi fundamental durante os debates do Concílio de Calcedônia. Este concílio ecumênico, o quarto, tratou principalmente de questões cristológicas e elucidou a definição considerada ortodoxa de que Cristo é uma união hipostática de duas naturezas - humana e divina - unidas em uma única pessoa, "sem confusão e nem divisão" (diofisismo). A ele se s
Papa Leão I 
Papa impedindo Átila de destruir Roma 
xsd:integer 10 
Greatleoone.jpg 
Herrera mozo San León magno Lienzo. Óvalo. 164 x 105 cm. Museo del Prado.jpg 
Pintura de São Leão I Magno 
São Leão I Magno 
inglês 
São Leão I Magno 
Leão 01 
São Leão I, o Grande 
xsd:integer 45 
xsd:integer 45 
Christian Classics Ethereal Library 
Orthodox Church in America 
Early Church Texts 
Opera Omnia 
xsd:integer 200  250 
São Leão, o Grande, papa de Roma 
Tomo de Leão 
http://www.earlychurchtexts.com/main/leo/tome_of_leo_01.shtml 
http://www.ccel.org/ccel/schaff/npnf212.ii.iv.xxviii.html 
http://www.documentacatholicaomnia.eu/01_01_0440-0461-_Leo_I,_Magnus,_Sanctus.html 
http://ocafs.oca.org/FeastSaintsViewer.asp?SID=4&ID=1&FSID=100553 
Pintura de São Leão I Magno 
Leão I (em latim: Leo), dito o Grande ou Magno, foi papa entre 29 de setembro de 440 e sua morte em novembro de 461. Um aristocrata de origem italiana, Leão foi o primeiro a receber o título de "o Grande". Ele é, provavelmente, mais famoso por ter ido ao encontro de Átila, o Huno, em 452 para persuadi-lo a desistir de sua invasão da Itália. Ele é também considerado um Doutor da Igreja, lembrado teologicamente por seu "Tomo de Leão", um documento que foi fundamental durante os debates do Concílio de Calcedônia. Este concílio ecumênico, o quarto, tratou principalmente de questões cristológicas e elucidou a definição considerada ortodoxa de que Cristo é uma união hipostática de duas naturezas - humana e divina - unidas em uma única pessoa, "sem confusão e nem divisão" (diofisismo). A ele se seguiu um grande cisma entre os diofisitas e as igrejas monofisitas e miafisitas. 
xsd:nonNegativeInteger 196 
xsd:integer 64081 
xsd:nonNegativeInteger 22597 
xsd:integer 44908732 

data from the linked data cloud