O Livro Vermelho

http://pt.dbpedia.org/resource/O_Livro_Vermelho an entity of type: Thing

Citações do Presidente Mao Tsé-Tung (Chinês simplificado: 毛主席语录; pinyin: Máo - zhǔxí yǔlù) ou O Pequeno Livro Vermelho (Chinês simplificado: 红宝书) ou ainda O Livro Vermelho ou O Livrinho Vermelho (Chinês simplificado: 小红书) como é mais conhecido no Ocidente, e conforme sugere o próprio nome, é uma coletânea de citações do presidente da República Popular da China Mao Tsé-Tung, e uma forma de culto à sua personalidade. Foi organizado por Lin Piao, ministro da Defesa de Mao. O livro possui 33 capítulos. Seus tópicos abordam a ideologia de Mao, conhecido no Ocidente como Maoismo ou, oficialmente, como "Pensamento de Mao Tsé-Tung". Inicialmente publicado na China, teve distribuição internacional após abril de 1964.
O Livro Vermelho 
Governo da República Popular da China 
xsd:integer 170 
Edição alemã de O Livro Vermelho 
小红书 
毛主席语录 Mao zhǔxí yǔlù 
红宝书 
Citações do Presidente Mao Tsé-Tung 
O Livro Vermelho 
O Pequeno Livro Vermelho 
Edição alemã de O Livro Vermelho 
Citações do Presidente Mao Tsé-Tung (Chinês simplificado: 毛主席语录; pinyin: Máo - zhǔxí yǔlù) ou O Pequeno Livro Vermelho (Chinês simplificado: 红宝书) ou ainda O Livro Vermelho ou O Livrinho Vermelho (Chinês simplificado: 小红书) como é mais conhecido no Ocidente, e conforme sugere o próprio nome, é uma coletânea de citações do presidente da República Popular da China Mao Tsé-Tung, e uma forma de culto à sua personalidade. Foi organizado por Lin Piao, ministro da Defesa de Mao. O livro possui 33 capítulos. Seus tópicos abordam a ideologia de Mao, conhecido no Ocidente como Maoismo ou, oficialmente, como "Pensamento de Mao Tsé-Tung". Inicialmente publicado na China, teve distribuição internacional após abril de 1964. A distribuição subsidiada deste livro pelo governo comunista chinês fez com que O Livro Vermelho se tornasse o segundo livro mais vendido na história, atrás apenas da Bíblia, tendo aproximadamente 900 milhões de cópias impressas.[carece de fontes] A popularidade do livro está ligada ao fato de que é uma exigência "não-oficial" para todo cidadão chinês possuir o livro, exigência essa que se fez notar especialmente durante a Revolução Cultural. Durante a Revolução Cultural, o livro passou a ser estudado não só nas escolas mas também sua leitura era exigida no mercado de trabalho. Todas os setores da sociedade, como indústria, comércio, agricultura, administração civil e, nos setores militares, eram organizadas sessões de leitura do livro durante várias horas por dia, no trabalho. Durante os anos 60, o livro era um ícone importante na cultura da China, tão visto quanto a imagem de Mao. Em cartazes e quadros criados pelos artistas de propaganda do PCC, Mao era muitas vezes visto com uma cópia do livro na mão dele. Depois do fim da Revolução Cultural, em 1976, e a subida ao poder de Deng Xiaoping em 1978, a importância do livro diminuiu consideravelmente. Atualmente, a identidade de seu verdadeiro autor é questionada. Fontes alegam que O Livro Vermelho teria sido escrito por Hu Qiaomu, ajudante de ordens de Mao por 25 anos. 
xsd:nonNegativeInteger 43 
小红书 
毛主席语录 Mao zhǔxí yǔlù 
红宝书 
xsd:integer 659687 
xsd:nonNegativeInteger 12371 
xsd:integer 44824791 

data from the linked data cloud