Nur Mohammad Taraki

http://pt.dbpedia.org/resource/Nur_Mohammad_Taraki an entity of type: Thing

Nur Mohammad Taraki (Ghazni, 15 de julho de 1917 - Cabul, 14 de setembro de 1979) foi um escritor, revolucionário e político afegão. Seu partido, o PDPA, acabou por ser bem-sucedido em derrubar a monarquia do Afeganistão e, depois que o presidente anterior e sua família foram assassinados em um golpe de Estado, assumiu a autoridade como o próximo presidente do Afeganistão em 1978 até que foi derrubado (e depois assassinado) por Hafizullah Amin, seu rival no PDPA em 1979.
Nur Mohammad Taraki 
xsd:integer 1978 
Abdul Qadir 
Nur Muhammad Taraki.JPG 
xsd:integer 250 
xsd:integer 15  27 
xsd:integer 30 
xsd:integer 14 
Cabul, Afeganistão 
xsd:integer 15 
Ghazni, Afeganistão 
Nur Mohammad Taraki 
نور محمد ترکۍ 
Nur Mohammad Taraki 
Partido Democrático Popular do Afeganistão 
Afeganistão 
do 
xsd:integer 35 
Primeiro-Ministro do Afeganistão 
Presidente do Presidium do Conselho Revolucionário 
Primeiro-ministro do Afeganistão 
Secretário-Geral do Comitê Central do Partido Democrático Popular do Afeganistão 
Presidente do Afeganistão 
Presidente do Presidium do Conselho Revolucionário 
Primeiro-ministro do Afeganistão 
Secretário-Geral do Comitê Central do Partido Democrático Popular do Afeganistão 
não 
Nur Mohammad Taraki (Ghazni, 15 de julho de 1917 - Cabul, 14 de setembro de 1979) foi um escritor, revolucionário e político afegão. Seu partido, o PDPA, acabou por ser bem-sucedido em derrubar a monarquia do Afeganistão e, depois que o presidente anterior e sua família foram assassinados em um golpe de Estado, assumiu a autoridade como o próximo presidente do Afeganistão em 1978 até que foi derrubado (e depois assassinado) por Hafizullah Amin, seu rival no PDPA em 1979. Taraki nasceu perto de Cabul e foi educado na Universidade de Cabul. Ele começou sua carreira política como jornalista e mais tarde juntou-se ao Partido Democrático do Povo do Afeganistão (PDPA), onde atuou como secretário-geral desde 1965 até sua morte em 1979. Taraki também serviu-se como presidente do Conselho Revolucionário de abril de 1978 a setembro de 1979. A presidência da Taraki, embora curta, foi marcada por polêmicas desde o início até o fim, com Taraki começando suas reformas econômicas, em meados de 1978. Sob Taraki levantes maciços contra o governo espalharam-se por todo o país e grande parte do exército afegão desertou e trocou alianças. Em março de 1978, um golpe militar, matando quase 3.000 pessoas, derrubou o presidente Mohammed Daoud Khan que foi assassinado. O poder não civil do PDPA dividido em duas correntes, a Khalq ("Partido do Povo") e o Parcham ("bandeira"). Nur Mohammed Taraki (do Khalq) se tornou o primeiro presidente da República Democrática do Afeganistão e Hafizullah Amin Primeiro-Ministro. Durante os 18 meses de sua presidência, os soviéticos vão pressionar Taraki contra Amin, considerado demasiado radical. Mas, afinal, Hafizullah Amin toma o poder e assassina seu rival em 14 de setembro de 1979, o que foi contra os planos soviéticos. Moscou decide invadir o Afeganistão em 24 de dezembro de 1979 e colocar o poder nas mãos de Babrak Karmal, assegurado pela KGB . 
xsd:nonNegativeInteger 69 
Nur Mohammad Taraki 
نور محمد ترکۍ 
xsd:integer 3121675 
xsd:nonNegativeInteger 4985 
xsd:integer 43494934 

data from the linked data cloud