Myracrodruon urundeuva

http://pt.dbpedia.org/resource/Myracrodruon_urundeuva an entity of type: Thing

A urundeúva (Myracrodruon urundeuva, classificada anteriormente como Astronium juglandifolium e Astronium urundeuva) é também conhecida como aroeira, aroeira-preta, aroeira-do-sertão, uriunduba, aroeira-do-campo e aroeira-da-serra. A lista vermelha de espécies ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais a cita como Astronium urundeuva. No estado de São Paulo, no Brasil, ocorre em ecótonos com vegetação de cerrado na floresta estacional semidecidual do noroeste e na decidual de transição, estando na lista oficial das espécies ameaçadas, na categoria VU (vulnerável). Suas flores são insignificantes, se reunindo em grandes inflorescências. Seu fruto é uma pequena noz, encimada por um cálice que se parece com um paraquedas.
Myracrodruon urundeuva 
Myracrodruon urundeuva 
Engl. 
lightgreen 
M. urundeuva 
VU 
Myracrodruon 
Aroeira arvore.jpg 
Urundeúva 
Astronium juglandifolium Griseb. 
Astronium urundeuva (Fr.All.) Engl. 
lightgreen 
VU 
Astronium juglandifolium Griseb. 
Astronium urundeuva (Fr.All.) Engl. 
Astronium juglandifolium Griseb. 
Astronium urundeuva Engl. 
A urundeúva (Myracrodruon urundeuva, classificada anteriormente como Astronium juglandifolium e Astronium urundeuva) é também conhecida como aroeira, aroeira-preta, aroeira-do-sertão, uriunduba, aroeira-do-campo e aroeira-da-serra. A lista vermelha de espécies ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais a cita como Astronium urundeuva. No estado de São Paulo, no Brasil, ocorre em ecótonos com vegetação de cerrado na floresta estacional semidecidual do noroeste e na decidual de transição, estando na lista oficial das espécies ameaçadas, na categoria VU (vulnerável). Suas flores são insignificantes, se reunindo em grandes inflorescências. Seu fruto é uma pequena noz, encimada por um cálice que se parece com um paraquedas. É nativa da caatinga e do cerrado, desde o estado do Ceará até o estado do Paraná, no Brasil. Encontrada também na Argentina, Paraguai e Bolívia. Embora os dados sejam insuficientes, a urundeúva é superexplorada devido a sua madeira resistente e agrupamentos dessa árvore, que antigamente era dominante na caatinga, estão desaparecendo. A madeira da urundeúva contém tanino, é pardo-avermelhada, dura e imputrescível, própria para ser usada em obras externas, como dormentes de linhas férreas, postes e na construção civil. 
xsd:nonNegativeInteger 30 
Urundeúva 
xsd:integer 270971 
xsd:nonNegativeInteger 2815 
xsd:integer 40672473 

data from the linked data cloud