Munição

http://pt.dbpedia.org/resource/Munição

Munição é o projétil a ser disparado de uma arma de fogo, incluindo o cartucho, que é um tubo oco, geralmente de metal, com um propelente no seu interior; em sua parte aberta fica preso o projétil e na sua base encontra-se o elemento de iniciação. Este tubo, chamado estojo, além de unir mecanicamente as outras partes do cartucho, tem formato externo apropriado para que a arma possa realizar suas diversas operações, como carregamento e disparo.Projéteis bélicos podem ser disparados sem o uso de propelentes químicos, através de impulsão eletromagnética (ver: canhão de Gauss e canhão elétrico).
Munição 
center 
Antipessoal: com carga explosiva e preenchida com metralhas de aço. Usada contra formações de infantaria. 
APFSDS . 
Demolição: usada contra fortificações 
HE . 
HEAT . 
JSP 
Munição de artilharia: 
Munição para armas ligeiras: 
Munição perfurante : 
Primeiros tipos: projétil de aço com carga explosiva, detonada por espoleta após o impacto. 
Subcalibre: . 
TMJ . 
vertical 
Municion antitanque.png 
Municion artilleria.png 
Municion ligera.png 
xsd:integer 600 
Munição é o projétil a ser disparado de uma arma de fogo, incluindo o cartucho, que é um tubo oco, geralmente de metal, com um propelente no seu interior; em sua parte aberta fica preso o projétil e na sua base encontra-se o elemento de iniciação. Este tubo, chamado estojo, além de unir mecanicamente as outras partes do cartucho, tem formato externo apropriado para que a arma possa realizar suas diversas operações, como carregamento e disparo. O projétil é uma massa, em geral de liga de chumbo, que é arremessada à frente quando da detonação da espoleta e consequente queima do propelente. É a única parte do cartucho que passa pelo cano da arma e atinge o alvo. Para arremessar o projétil é necessária uma grande quantidade de energia, que é obtida pelo propelente, durante sua queima. O propelente utilizado nos cartuchos é a pólvora, que, ao queimar, produz um grande volume de gases, gerando um aumento de pressão no interior do estojo, suficiente para expelir o projétil. Como a pólvora é relativamente estável, isto é, sua queima só ocorre quando sujeita a certa quantidade de calor; o cartucho dispõe de um elemento iniciador, que é sensível ao atrito e gera energia suficiente para dar início à queima do propelente. O elemento iniciador geralmente está contido dentro da espoleta. Projéteis bélicos podem ser disparados sem o uso de propelentes químicos, através de impulsão eletromagnética (ver: canhão de Gauss e canhão elétrico). 
xsd:nonNegativeInteger 136 
xsd:integer 34344 
xsd:nonNegativeInteger 16202 
xsd:integer 43332041 

data from the linked data cloud