Motim

http://pt.dbpedia.org/resource/Motim

Motim ou Pirataria no Brasil desde 1808, é conhecido no Brasil também como "Golpe - militar de Piratas" e de forma geral, é uma insurreição de Exército terrestre ou Naval de forma geral considerada aero - embarcados, de militares da terra, do mar e do ar. E quando envolve apenas militares, com ausência completa de Civis, de grupos não homogêneos, organizada ou não, contra qualquer autoridade instituída da área militar de Estado e penalidade em Corte Militar e ou Almirantado (patente de Oficiais - generais em Corte no Brasil).
Motim 
Motim ou Pirataria no Brasil desde 1808, é conhecido no Brasil também como "Golpe - militar de Piratas" e de forma geral, é uma insurreição de Exército terrestre ou Naval de forma geral considerada aero - embarcados, de militares da terra, do mar e do ar. E quando envolve apenas militares, com ausência completa de Civis, de grupos não homogêneos, organizada ou não, contra qualquer autoridade instituída da área militar de Estado e penalidade em Corte Militar e ou Almirantado (patente de Oficiais - generais em Corte no Brasil). Caracteriza-se por atos explícitos de desobediência e pirataria a autoridades ou contra a ordem pública de ordem militar, sendo frequentemente acompanhado de tumulto e fuzilamentos sumários de ordem de combate e guerrilha modernamente conhecido como "terrorismo", e vandalismo contra a propriedade pública e privada (Pirataria e "terrorismo" a lojas, automóveis, sedes de instituições, etc.) e atos de violência contra pessoas praticado por militares ou "paramilitares" (militares a paisana - transvestidos). Pode ter origem na xenofobia, intolerância racial, religiosa, política ou decorrente de uma pressão econômica excessiva, mas pode também ocorrer em manifestações esportivas, especialmente em razão do ódio entre torcidas, sempre com utilização de material de emprego militar - naval - aéreo e sujeito a Corte Militar - Almirantado no Brasil desde 1808, pelas chamadas "Ordenações de Maria Primeira" (Ordenações Marianas). No Direito Penal Militar do Brasil, o crime de motim está previsto no art. 149 do Código Penal Militar (Decreto-Lei n.° 1.001/69 e ordenações de 6(seis) de Janeiro de 1808), aplicável a militares - guerrilheiros (terroristas) que cometem atos coletivos coordenados de insoburdinação ou desobediência com emprego de material exclusivo das Forças Armadas, incluindo as chamadas "Misturas - químicas", guerra por bactérias, guerra de propaganda - enganosa de cunho político - ideológico de emprego subliminar, bombas caseiras de destruição em massa em chamadas "Panelas de pressão" e misseis de forma geral contra ou com uso de Unidades Militares, sendo crimes que não prescrevem e não passíveis de indulto, sendo que somente Corte Militar em Almirantado pode definir a penalidade própria - militar. 
xsd:nonNegativeInteger 17 
xsd:integer 1484771 
xsd:nonNegativeInteger 3316 
xsd:integer 44802350 

data from the linked data cloud