Michael Wittmann

http://pt.dbpedia.org/resource/Michael_Wittmann an entity of type: Thing

Michael Wittmann (22 de Abril de 1914 - 8 de Agosto de 1944) foi um oficial alemão que serviu durante a Segunda Guerra Mundial, condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro.Foi-lhe creditada a destruição de 138 tanques e 132 armas anti-tanque, juntamente com um número desconhecido de outros veículos blindados, fazendo dele um dos maiores ases panzer da Alemanha, juntamente com Johannes Bölter, Ernst Barkmann, Otto Carius e Kurt Knispel, que foi o maior de todos, com a marca de 168 tanques destruídos.
Michael Wittmann 
silver 
* Cruz de Ferro ** 2ª Classe ** 1ª Classe * SS-Ehrenring * Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro com Folhas de Carvalho e Espadas * Verwundetenabzeichen * Distintivo Panzer * Medaille Winterschlacht im Osten 1941/42 * Medaille zur Erinnerung an den 1. Oktober 1938 * Medaille zur Erinnerung an den 13. März 1938 * Soldier's Cross Of The Order Of Bravery 4th Class 2nd Grade * Mencionado na Wehrmachtbericht * SS-Dienstauszeichnung 
Ficheiro:Bundesarchiv Bild 146-1983-108-29, Michael Wittmann.jpg 
xsd:integer 200 
Michael Wittmann 
SS-Hauptsturmführer 
*Leibstandarte-SS "Adolf Hitler" *Schwere SS-Panzerabteilung 101 
silver 
silver 
Michael Wittmann (22 de Abril de 1914 - 8 de Agosto de 1944) foi um oficial alemão que serviu durante a Segunda Guerra Mundial, condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro. Foi-lhe creditada a destruição de 138 tanques e 132 armas anti-tanque, juntamente com um número desconhecido de outros veículos blindados, fazendo dele um dos maiores ases panzer da Alemanha, juntamente com Johannes Bölter, Ernst Barkmann, Otto Carius e Kurt Knispel, que foi o maior de todos, com a marca de 168 tanques destruídos. As circunstâncias por trás da morte Wittmann têm causado algum debate e discussão ao longo dos anos, mas tem sido historicamente aceite que o soldado Joe Ekins, atirador de um Sherman Firefly da 1ª Northamptonshire Yeomanry, como responsável. No entanto, nos últimos anos, alguns comentaristas sugeriram que membros da Regimento canadense Les Fusiliers de Sherbrooke poderiam ter sido os responsáveis por sua morte. Uma das façanhas de Wittmann foi uma emboscada aos elementos da British 7 Armoured Division, durante o Batalha de Villers-Bocage em 13 de Junho de 1944. Ao comando de um único tanque Tiger ele destruiu 14 tanques e 15 transportes de pessoal, juntamente com 2 armas anti-tanque no espaço de 15 minutos. 
xsd:nonNegativeInteger 170 
Michael Wittmann ("Barão Negro") 
xsd:integer 2868829 
xsd:nonNegativeInteger 27517 
xsd:integer 44580616 

data from the linked data cloud