Marinha dos Estados Unidos

http://pt.dbpedia.org/resource/Marinha_dos_Estados_Unidos an entity of type: Thing

A Marinha dos Estados Unidos (em inglês United States Navy) é o ramo naval de guerra das Forças Armadas dos Estados Unidos, e uma das sete organizações militares norte-americanas. É considerada a maior e mais poderosa do mundo, com a sua frota de batalha sendo maior do que as seguintes treze maiores marinhas combinadas. A Marinha dos EUA também é a maior operadora de porta-aviões, com 11 em funcionamento e um em construção. O serviço ativo contava com 328.516 funcionários e 101.689 na reserva, em janeiro de 2011. Opera 286 navios em serviço ativo e mais de 3.700 aeronaves.
Marinha dos Estados Unidos 
Azul e Dourado 
xsd:integer 1775 
United States Navy 
xsd:integer 150 
xsd:integer 80 
USN 
Marinha dos Estados Unidos 
xsd:integer 13 
Navios 
Aeronaves 
xsd:integer 286 
+ de 3.700 
AzuleDourado 
80px 
Bandeira  Jaque 
USN 
Marinha dos Estados Unidos 
xsd:integer 333642 
Comandante Supremo 
Cores 
Quartel General 
A Marinha dos Estados Unidos (em inglês United States Navy) é o ramo naval de guerra das Forças Armadas dos Estados Unidos, e uma das sete organizações militares norte-americanas. É considerada a maior e mais poderosa do mundo, com a sua frota de batalha sendo maior do que as seguintes treze maiores marinhas combinadas. A Marinha dos EUA também é a maior operadora de porta-aviões, com 11 em funcionamento e um em construção. O serviço ativo contava com 328.516 funcionários e 101.689 na reserva, em janeiro de 2011. Opera 286 navios em serviço ativo e mais de 3.700 aeronaves. Suas origens remontam à Marinha Continental, que foi criada durante a Guerra Revolucionária Americana e foi essencialmente dissolvida como uma entidade separada pouco depois. A Constituição dos Estados Unidos provém a base jurídica para uma força militar, dando ao Congresso o poder "para fornecer e manter uma marinha". Depredações contra os navios americanos por piratas bárbaros na costa do Mar Mediterrâneo, estimularam o Congresso a empregar este poder, implementando a Lei Naval de 1794 e ordenando a construção e treinamento da tripulação de seis fragatas. Estes navios foram utilizados para o combate a atividade pirata mais ao largo da costa da Berbéria. No século XX, a capacidade da marinha americana de se tornar uma marinha de águas azuis foi demonstrada pela turnê mundial de 1907-1909 da Great White Fleet. No século XXI, a Marinha dos Estados Unidos mantém uma presença global considerável, com operações navais em áreas como a Ásia Oriental, Mediterrâneo e Oriente Médio. É uma marinha de águas azuis, com a capacidade de projetar poder sobre as regiões litorâneas do mundo, engajar-se em áreas remotas em tempo de paz, e responder rapidamente a crises regionais, tornando-se um jogador ativo na política externa e de defesa americana. A Marinha é administrativamente gerida pelo Departamento da Marinha, que é dirigido por um Secretário Civil da Marinha. O Departamento da Marinha é em si uma divisão do Departamento de Defesa, que é chefiado pelo Secretário de Defesa. Tradicionalmente, o mais alto oficial graduado da Marinha é o Chefe de Operações Navais, um cargo ocupado atualmente pelo almirante Gary Roughead. No entanto, hoje o mais alto oficial naval graduado é o presidente do Joint Chiefs of Staff, o almirante Michael Mullen. 
xsd:nonNegativeInteger 70 
Marinha dos Estados Unidos 
xsd:integer 102840 
xsd:nonNegativeInteger 11223 
xsd:integer 43748922 

data from the linked data cloud