Música industrial

http://pt.dbpedia.org/resource/Música_industrial an entity of type: Thing

Música industrial é um termo usado para definir o gênero de alguns estilos musicais eletrônicos e experimentais criados desde o final da década de 1970 até os dias de hoje, como o som experimental de Throbbing Gristle, Einstürzende Neubauten ou até o neofolk de bandas como Forseti.
Música industrial 
Começo da década de 1970, no Reino Unido em Londres e Sheffield, na Alemanha, no Canadá em Vancouver, nos EUA em São Francisco e Chicago, e na Itália em Milão. 
silver 
black 
Metal industrial - Rock industrial 
Sintetizador - Caixa de ritmos - Tape Loops - Bateria - Guitarra - Objetos aleatórios - Instrumentos musicais eletrônicos 
Industrial 
Dada - Fluxus - COUM Transmission - Música experimental 
Pouca 
EBM - Noise - Neofolk - Industrial Marcial 
silver 
Música industrial é um termo usado para definir o gênero de alguns estilos musicais eletrônicos e experimentais criados desde o final da década de 1970 até os dias de hoje, como o som experimental de Throbbing Gristle, Einstürzende Neubauten ou até o neofolk de bandas como Forseti. O industrial não é necessariamente eletrônico, mas sempre prima pela utilização de ruídos, sons inesperados e estruturas anti-melódicas. Trata-se de um gênero que se mantém rígidamente focado numa conduta de independência e experimentalismo, com o uso de fontes não-musicais, como sintetizadores e guitarras distorcidas, timbres metálicos, ruídos plásticos, sons de sucatas entre outros sons tirados de instrumentos "não-convencionais". Outros elementos incluem colagens de sons e experimentações com sintetizadores primitivos, fitas magnéticas e rádio. Geralmente a música industrial é envolto pelo fascínio das qualidades hipnóticas e "mágicas" contidas na própria estrutura do som. A ligação cultural com essa atividade é exclusivamente underground e vanguardista, sendo valorizados elementos da arte moderna como abstracionismo, dadaísmo e surrealismo, além de uma mentalidade contracultural. A música industrial não possui melodias, harmonias ou qualquer estrutura relacionada à música popular (como verso-refrão, riffs ou elementos dançantes). Porém, a partir dos anos 80 os gêneros mais modernos ou de fusão quebraram essa conduta, constituindo o que faria parte do chamado "Pós-Industrial" (incluíndo o EBM, Rock Industrial, e o Electro-Industrial). 
xsd:nonNegativeInteger 318 
Industrial 
xsd:integer 127322 
xsd:nonNegativeInteger 26834 
xsd:integer 43482488 

data from the linked data cloud