Mênfis

http://pt.dbpedia.org/resource/Mênfis

Mênfis (Men-nefer em egípcio; em árabe: ; em árabe egípcio: ; em grego: Μέμφις) era uma cidade do Antigo Egito, antiga capital de Aneb-Hetch, primeiro nomo do Baixo Egito. Suas ruínas localizam-se próximo à cidade atual de Helwan, ao sul da capital do país, Cairo.
Mênfis 
xsd:integer 1999  2002  2003 
Oxford University Press 
Princeton University Press 
xsd:integer 103 
Mênfis 
Lynn 
Ian 
Kathryn A. 
harv 
Bard 
Shaw 
Meskell 
Encyclopedia of the Archaeology of Ancient Egypt 
The Oxford History of Ancient Egypt 
Private Life in New Kingdom Egypt 
xsd:integer 46 
Mênfis (Men-nefer em egípcio; em árabe: ; em árabe egípcio: ; em grego: Μέμφις) era uma cidade do Antigo Egito, antiga capital de Aneb-Hetch, primeiro nomo do Baixo Egito. Suas ruínas localizam-se próximo à cidade atual de Helwan, ao sul da capital do país, Cairo. De acordo com a lenda narrada por Manetão, a cidade teria sido fundada pelo faraó Menes, por volta de 3 000 a.C. Capital do Egito durante o Império Antigo, continuou a ser uma cidade importante ao longo da história do Mediterrâneo.Os palácios eram edificados em Mênfis Ocupava uma posição estratégica, na embocadura no delta do Nilo; seu principal porto, Peru-nefer, abrigava diversas oficinas, fábricas e armazéns que distribuíam comida e mercadorias por todo o reino. Durante sua era de ouro, Mênfis floresceu como centro regional religioso e comercial. Acreditava-se que Mênfis estava sob a proteção do deus Ptah, padroeiro dos artesãos. Seu grande templo, Hut-ka-Ptah ("Recinto do ka de Ptah"), era uma das estruturas mais destacadas da cidade. O nome do templo, transliterado para o grego como Aί γυ πτoς (Ai-gy-ptos) pelo historiador Manetão, seria a origem etimológica do nome atual do país nos idiomas ocidentais, Egito. A história de Mênfis está fortemente ligada à do próprio país. Acredita-se que sua eventual queda estaria ligada à perda da importância econômica ocorrida na Antiguidade Tardia, que se seguiu à ascensão de Alexandria, no litoral. Sua importância religiosa também diminuiu com o abandono da religião egípcia antiga, ocorrida após o Édito de Tessalônica. As ruínas da antiga capital oferecem, nos dias de hoje, uma evidência fragmentária de seu passado magnífico. Vêm sendo preservadas, juntamente com o complexo das pirâmides em Gizé, como Patrimônio Mundial, desde 1979. O sítio está aberto ao público, na forma de um museu ao ar livre. 
xsd:nonNegativeInteger 40 
xsd:integer 91535 
xsd:nonNegativeInteger 3677 
xsd:integer 44937046 

data from the linked data cloud