London School of Economics

http://pt.dbpedia.org/resource/London_School_of_Economics an entity of type: Thing

A London School of Economics and Political Science (em português, 'Escola de Economia e Ciência Política de Londres'), frequentemente chamada apenas de London School of Economics ou LSE, é uma universidade pública britânica e um dos mais prestigiosos centros de pesquisa acadêmica do mundo. Foi fundada em 1895 por membros da Fabian Society - Sidney Webb, Beatrice Webb, Graham Wallas e George Bernard Shaw.
London School of Economics 
xsd:integer 7518 
xsd:integer 1895 
London School of Economics Coat of Arms.svg 
Brasão da LSE 
Londres, Inglaterra, 
Craig Calhoun 
Rerum cognoscere causas 
London School of Economics and Political Science 
A London School of Economics and Political Science (em português, 'Escola de Economia e Ciência Política de Londres'), frequentemente chamada apenas de London School of Economics ou LSE, é uma universidade pública britânica e um dos mais prestigiosos centros de pesquisa acadêmica do mundo. Foi fundada em 1895 por membros da Fabian Society - Sidney Webb, Beatrice Webb, Graham Wallas e George Bernard Shaw. A Escola juntou-se à Universidade de Londres em 1900. Seus primeiros diplomas foram concedidos em 1902. Atualmente, a LSE também é membro do Russell Group, do 1994 Group, da Association of Professional Schools of International Affairs (APSIA) e da European University Association. A LSE está localizada em uma área central histórica de Londres conhecida como Clare Market. Tem cerca de 9,500 alunos em tempo integral, procedentes de 140 países, e aproximadamente 3.000 funcionários. e uma receita total de £263.2 milhões em 2012/13, dos quais £23.7 milhões foram gastos em pesquisas. A escola é organizada em 24 departamentos acadêmicos e 19 centros de pesquisa. A biblioteca da LSE, a British Library of Political and Economic Science, tem mais de 4 milhões de volumes, 60.000 volumes de revistas científicas e 29.000 e-books, e é tida como a maior em sua área de especialidade. A Escola é considerada a principal universidade especializada nas ciências sociais do mundo. A qualidade do trabalho desenvolvido pela LSE é reconhecida por diversas métricas. O Research Excellence Framework, iniciativa do governo britânico concluída em 2014 para avaliar instituições acadêmicas, colocou a LSE como a universidade com a maior proporção de "world-leading research" no Reino Unido. Seu prestígio é evidenciado também nos principais rankings mundiais de universidades realizados por empresas privadas. A edição de 2015 do QS World Rankings indica que a escola está entre as dez melhores do mundo em 11 das 12 áreas avaliadas. Em 2013, 2014 e 2015 o mesmo ranking colocou a LSE como a segunda melhor do globo no campo das ciências sociais (atrás de Harvard) e quarta geral em termos de reputação entre empregadores. Já a última edição da Times Higher Education considera a LSE como a décima primeira melhor universidade no ramo das ciências sociais, a vigésima segunda em relação a reputação global e a trigésima quarta no ranking universal.No Reino Unido, os principais rankings a colocam normalmente com a terceira melhor, atrás de Oxford e Cambridge. Alguns dos mais importantes pensadores do mundo do campo do direito, economia, filosofia, negócios, mídia e literatura passaram pela escola, como George Bernard Shaw, Karl Popper, Anthony Giddens, Friedrich Hayek e John Hicks. A LSE já teve entre alunos e professores 16 prêmios Nobel, ao menos 37 líderes mundiais, 6 vencedores do Pulitzer Prize [carece de fontes] e membros da British Academy[carece de fontes]. 
xsd:nonNegativeInteger 30 
xsd:integer 21024 
xsd:nonNegativeInteger 7052 
xsd:integer 43587213 

data from the linked data cloud