Liber Pontificalis

http://pt.dbpedia.org/resource/Liber_Pontificalis

O Liber Pontificalis (do latim, o Livro dos Pontífices) é um livro de biografias de papas de São Pedro, até o Papa Estêvão V do século XV. A publicação original do Liber Pontificalis parou com o Papa Adriano II (867-872) ou o Papa Estêvão V (885-891), mas foi posteriormente completada em um estilo diferente até que o papa Eugênio IV (1431-1447) e, em seguida o Papa Pio II (1458-1464). O Liber Pontificalis foi citado frequentemente do século VIII ao XVIII . Até o século VI as biografias papais carecem de provas documentais, a partir do século VII, elas apresentam dados mais confiáveis do ponto de vista histórico, a partir do pontificado de Honório I, em que as entradas são relevantes para papados contemporâneos para se juntar ao Liber Pontificalis logo após a morte de cada papa. O título Li
Liber Pontificalis 
O Liber Pontificalis (do latim, o Livro dos Pontífices) é um livro de biografias de papas de São Pedro, até o Papa Estêvão V do século XV. A publicação original do Liber Pontificalis parou com o Papa Adriano II (867-872) ou o Papa Estêvão V (885-891), mas foi posteriormente completada em um estilo diferente até que o papa Eugênio IV (1431-1447) e, em seguida o Papa Pio II (1458-1464). O Liber Pontificalis foi citado frequentemente do século VIII ao XVIII . Até o século VI as biografias papais carecem de provas documentais, a partir do século VII, elas apresentam dados mais confiáveis do ponto de vista histórico, a partir do pontificado de Honório I, em que as entradas são relevantes para papados contemporâneos para se juntar ao Liber Pontificalis logo após a morte de cada papa. O título Liber Pontificalis remonta ao século XII, embora só se tornou corrente no século XV, e o título canônico do trabalho desde a edição de Duchesne, no século IX. Em antigos manuscritos, é referido como Liber episcopalis in quo continentur acta beatorum pontificum Urbis Romae, e mais tarde como Gesta ou Chronica pontificum. Especialmene no que diz respeito aos primeiros papas o Liber Pontificalis sofreu intenso escrutínio de acadêmicos modernos como um "instrumento de propaganda oficial pontifícia", alguns estudiosos caracterizam o Liber Pontificalis como uma falsificação e uma tentativa do papado de se representar "como uma instituição da Igreja primitiva, vestido com autoridade absoluta e perpétua." 
xsd:nonNegativeInteger 56 
xsd:integer 2676854 
xsd:nonNegativeInteger 6763 
xsd:integer 43956660 

data from the linked data cloud