Língua hebraica

http://pt.dbpedia.org/resource/Língua_hebraica an entity of type: Thing

Nota: esta página contém alguns caracteres especiais e é possível que a impressão não corresponda ao artigo original.O hebraico (עברית, ivrit/ibrit) é uma língua semítica pertencente à família das línguas afro-asiáticas. A Bíblia original, a Torá, que os judeus ortodoxos consideram ter sido escrita na época de Moisés, cerca de 3 300 anos atrás, foi redigida no hebraico dito "clássico". Embora hoje em dia seja uma escrita foneticamente impronunciável, devido à inexistência de vogais no alfabeto hebraico clássico, os judeus têm-na sempre chamado de (לשון הקודש), Lashon ha'Kodesh ("A Língua Sagrada") já que muitos acreditam ter sido escolhida para transmitir a mensagem de Deus à humanidade. Por volta da primeira destruição de Jerusalém pelos babilônios em 586 a.C., o hebraico clássico foi sub
Língua hebraica 
Afro-asiática 
(e comunidades judaicos nos extrangeiros) 
xsd:integer
Primeira língua 5,300,000 ; 
Segunda língua 2,000,000 - 2,200,000 
Total de falantes 10,000,000 
Território Palestino Segunda língua 500,000 - 1,000,000 (Extinto como uma língua falada regularmente pelo século 4 d.C, mas subsistiu como língua litúrgica e literária; reviveu em 1880) 
Língua doméstica 200,000 nos Estados Unidos falam hebraico em casa 
he 
heb 
Hebraico ou hebreu 
(Não está entre as 100 primeiras) 
Iemenita: , 
Iraquiano: , 
asquenaze: 
padrão israelense : , 
padrão israelense: - , 
Global , na Cisjordânia, e Gaza 
האקדמיה ללשון העברית 
HBR 
Nota: esta página contém alguns caracteres especiais e é possível que a impressão não corresponda ao artigo original.O hebraico (עברית, ivrit/ibrit) é uma língua semítica pertencente à família das línguas afro-asiáticas. A Bíblia original, a Torá, que os judeus ortodoxos consideram ter sido escrita na época de Moisés, cerca de 3 300 anos atrás, foi redigida no hebraico dito "clássico". Embora hoje em dia seja uma escrita foneticamente impronunciável, devido à inexistência de vogais no alfabeto hebraico clássico, os judeus têm-na sempre chamado de (לשון הקודש), Lashon ha'Kodesh ("A Língua Sagrada") já que muitos acreditam ter sido escolhida para transmitir a mensagem de Deus à humanidade. Por volta da primeira destruição de Jerusalém pelos babilônios em 586 a.C., o hebraico clássico foi substituído no uso diário pelo aramaico, tornando-se primariamente uma língua franca regional, tanto usada na liturgia, no estudo do Mishná (parte do Talmude) como também no comércio. O hebraico renasceu como língua falada durante o final do século XIX e começo do século XX como o hebraico moderno, adotando alguns elementos dos idiomas árabe, ladino (língua dos Judeus sefarditas), iídiche (língua dos Judeus oriundos da Europa), e outras línguas que acompanharam a Diáspora Judaica como língua falada pela maioria dos habitantes do Estado de Israel (Medinat Israel), do qual é a língua oficial primária (o árabe também tem status de língua oficial). 
עִבְרִית Ivrit 
xsd:integer 38416 
xsd:integer 44376737 
Hebraico ou hebreu 
עִבְרִית Ivrit 
he  heb 
xsd:integer 1880 
xsd:nonNegativeInteger 229 
xsd:nonNegativeInteger 32841 

data from the linked data cloud