Jardim botânico

http://pt.dbpedia.org/resource/Jardim_botânico

Um jardim botânico é um jardim dedicado à coleção, cultivo e exposição de uma ampla diversidade de plantas, identificadas de acordo com o nome botânico. Pode ter coleções especializadas em determinadas plantas, como cactos e suculentas, ervas aromáticas, plantas de determinadas regiões do mundo, ou ter ainda estufas com coleções de plantas tropicais, alpinas ou outro tipo de plantas exóticas. Entre os serviços geralmente disponibilizados para o público estão visitas guiadas, exposições educativas, exposições artísticas, salas de leitura e atuações artísticas e musicais ao ar livre.
Jardim botânico 
Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro 
Jardim Botânico da Ajuda, Lisboa 
Jardim Botânico de Curitiba 
Jardim Botânico de Manaus 
Jardim Botânico de Porto Alegre 
Jardim Botânico de São Paulo 
Jardim Botânico do Porto 
Jardim Botânico do Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Univesidade de Lisboa 
http://www.mnhnc.ulisboa.pt/portal/page?_pageid=418,1391070&_dad=portal&_schema=PORTAL 
http://www.parques-curitiba.com/jardim-botanico-ecologia.htm 
http://www.isa.ulisboa.pt/visitantes/jardim-botanico-da-ajuda 
http://jardimbotanico.sp.gov.br 
http://jardimbotanico.up.pt 
http://www.fzb.rs.gov.br/jardimbotanico 
http://www.jardimbotanicodemanaus.org 
http://www.jbrj.gov.br 
Um jardim botânico é um jardim dedicado à coleção, cultivo e exposição de uma ampla diversidade de plantas, identificadas de acordo com o nome botânico. Pode ter coleções especializadas em determinadas plantas, como cactos e suculentas, ervas aromáticas, plantas de determinadas regiões do mundo, ou ter ainda estufas com coleções de plantas tropicais, alpinas ou outro tipo de plantas exóticas. Entre os serviços geralmente disponibilizados para o público estão visitas guiadas, exposições educativas, exposições artísticas, salas de leitura e atuações artísticas e musicais ao ar livre. Os jardins botânicos são na sua maioria geridos por universidades ou outras organizações de investigação científica, estando associados a programas de investigação em taxonomia ou outros aspetos de ciência botânica, para os quais contam com um herbário. Por princípio, o seu papel é a manutenção de coleções documentadas de plantas vivas com a finalidade de investigação científica, conservação, exposição e educação, embora isto dependa dos recursos disponíveis e do interesse particular de cada jardim botânico. Os jardins botânicos modernos têm origem nos jardins medicinais medievais europeus, denominados jardins dos simples, o primeiro dos quais fundado durante o Renascimento italiano no século XVI. Com a importação de novas plantas e exploração de territórios fora da Europa, a partir do século XVII, a botânica foi-se gradualmente afirmando como uma ciência independente da medicina. No século XVIII, os botânicos implementaram sistemas de nomenclatura, os quais eram muitas vezes mostrados nos canteiros de jardins com propósitos educativos. A partir do século XVIII, com o desenvolvimento do comércio de espécies botânicas, começaram a ser implementados jardins botânicos nos trópicos. Enquanto insituições culturais e científicas, ao longo dos anos os jardins botânicos deram resposta às necessidades da botânica e horticultura. Na época contemporânea, para além da vertente científica os jardins botânicos aproveitam a forte ligação com o público em geral para fornecer aos visitantes informação relativa às questões ambientais do século XXI, em particular as que estão ligadas à conservação e sustentabilidade. 
xsd:nonNegativeInteger 34 
xsd:integer 59641 
xsd:nonNegativeInteger 5408 
xsd:integer 44816650 

data from the linked data cloud