Isabel Bowes-Lyon

http://pt.dbpedia.org/resource/Isabel_Bowes-Lyon an entity of type: Thing

Isabel Ângela Margarida Bowes-Lyon (4 de agosto de 1900 – 30 de março de 2002), também conhecida como A Rainha-Mãe, foi a esposa do rei Jorge VI e rainha consorte do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte de 1936 até 1952. Ela é mãe da rainha Isabel II do Reino Unido e da princesa Margarida, Condessa de Snowdon. Isabel também foi a última Imperatriz da Índia.
Isabel Bowes-Lyon 
xsd:integer 1989  2002  2006  2009 
Windsor 
Mortimer, Michael 
Macmillan 
Arrow Books/Random House 
BBC Books 
St Martin's 
Queen Elizabeth the Queen Mother portrait.jpg 
xsd:integer 245 
xsd:integer 978 
(Retrato por Richard Stone, 1986) 
Londres 
Nova Iorque 
Londres ou Hitchin, Inglaterra 
James 
Isabel Bowes-Lyon 
Hugo 
Sarah 
William 
Isabel Ângela Margarida Bowes-Lyon 
harv 
Bradford 
Shawcross 
Vickers 
Hogg 
Título abolido 
Marido 
Predecessora 
Elizabeth, The Queen Mother 
The Queen Mother Remembered 
The Reluctant King: The Life and Reign of George VI 
Queen Elizabeth The Queen Mother: The Official Biography 
(Retrato por Richard Stone, 1986) 
Isabel Ângela Margarida Bowes-Lyon (4 de agosto de 1900 – 30 de março de 2002), também conhecida como A Rainha-Mãe, foi a esposa do rei Jorge VI e rainha consorte do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte de 1936 até 1952. Ela é mãe da rainha Isabel II do Reino Unido e da princesa Margarida, Condessa de Snowdon. Isabel também foi a última Imperatriz da Índia. Nascida na nobreza britânica, era filha de Claude Bowes-Lyon, 14.º Conde de Strathmore e Kinghorne, e sua esposa Cecília Cavendish-Bentinck. Ela ganhou proeminência em 1923 ao se casar com Alberto, Duque de Iorque, o segundo filho do rei Jorge V e da rainha Maria. O casal e suas duas filhas representavam os ideais de família e serviço público. Isabel participou de uma grande variedade de eventos públicos e ficou conhecida popularmente como a "duquesa sorridente". Em 1936, seu marido inesperadamente se tornou rei quando seu irmão Eduardo VIII abdicou para se casar com Wallis Simpson. Como rainha consorte, Isabel acompanhou Jorge VI em viagens diplomáticas pela França e América do Norte antes do início da Segunda Guerra Mundial. Seu espírito indômito foi uma fonte de apoio moral ao povo britânico durante o conflito. Em reconhecimento ao seu papel de trunfo para os interesses britânicos, Adolf Hitler a descreveu como "a mulher mais perigosa na Europa". Após a guerra, a saúde do rei piorou e ele morreu em 1952. Com a morte da rainha Maria em 1953, Eduardo VIII morando no exterior e sua filha sendo rainha, Isabel se tornou o membro mais velho da família real britânica e assumiu uma posição matriarcal. Nos anos posteriores, ela sempre foi popular com o público, mesmo com outros membros da família passando por períodos de impopularidade. Ela continuou a ter uma ativa vida pública até alguns meses antes de morrer aos 101 anos, sete semanas depois da morte de sua filha Margarida. 
xsd:nonNegativeInteger 227 
Isabel Bowes-Lyon 
Isabel Ângela Margarida Bowes-Lyon 
xsd:integer 74028 
xsd:nonNegativeInteger 52254 
xsd:integer 44166168 

data from the linked data cloud