Intercessão

http://pt.dbpedia.org/resource/Intercessão

Segundo o Compêndio do Catecismo da Igreja Católica, a intercessão "consiste no pedir em favor doutro. Ela conforma-nos e une-nos à oração de Jesus que intercede junto de Deus Pai por todos os homens, em especial pelos pecadores. A intercessão deve estender-se também aos inimigos" (n. 554).Nas Escrituras (Ex 20:11-13) lemos sobre como Moisés implorou a Deus para poupar o seu povo, ou como Maria à Jesus na Boda em Caná (Jo 2:1-11), ou ainda como Paulo pediu orações intercessórias. (Rm 15:30 e Ef 6:19)
Intercessão 
Segundo o Compêndio do Catecismo da Igreja Católica, a intercessão "consiste no pedir em favor doutro. Ela conforma-nos e une-nos à oração de Jesus que intercede junto de Deus Pai por todos os homens, em especial pelos pecadores. A intercessão deve estender-se também aos inimigos" (n. 554). Apesar de toda a oração ter como destino final a Santíssima Trindade, para os católicos, Nossa Senhora, os Anjos e os Santos oram no Céu a favor dos homens e dos seus pedidos e súplicas, sendo por isso os nossos intercessores junto de Deus. Esta petição, fundada no dogma da comunhão dos santos, pode ser a favor dos pedidos do próprio católico ou a favor da intercessão que o faz a favor doutro. Daí a grande devoção popular dos católicos, à Virgem Maria e aos demais Santos, expressa em orações, em procissões ou em peregrinações. Na verdade, quando católicos dirigem aos santos, pedem a eles que orem a Deus em seu favor, que levem seus pedidos e orações ao Senhor. Orações envolvendo santos são peticionárias ou intercessórias, ou seja, quando se pede um favor (espiritual ou, mais raramente, material) para si ou para outrem. Assim como se pede às pessoas que orem por todos nós, se pede às almas do céu que intercedam por nós. É importante lembrar que a Igreja Católica não aceita a crença do sono da alma ensinada por algumas denominações protestantes. Segundo a fé católica, a Bíblia ensina que aqueles que seguem Cristo na terra vão para o céu e ganham a vida eterna após a morte. Uma vez no céu, as almas do santos fazem parte da Igreja Triunfante, onde louvam a Deus eternamente. Todos no céu são obedientes à Deus e portanto, compartilham do Seu desejo sublime, que é a Salvação de todos os homens. Desta forma, rezam por aqueles que solicitam suas preces. Nas Escrituras (Ex 20:11-13) lemos sobre como Moisés implorou a Deus para poupar o seu povo, ou como Maria à Jesus na Boda em Caná (Jo 2:1-11), ou ainda como Paulo pediu orações intercessórias. (Rm 15:30 e Ef 6:19) Segundo à Igreja, orações intercessórias de forma alguma substituem uma prece sincera dirigida diretamente ao Senhor Jesus, que é Deus e a quem católicos adoram. Segundo os ensinamentos um católico nunca faria uma oração de adoração e louvor à um santo. Isso seria idolatria, um pecado seriamente condenável dentro da fé católica. Tais orações são reservadas a Deus e Deus somente. Os católicos adoram a Santíssima Trindade, assim podem fazer orações de louvor a Deus Pai, Deus Filho e do Espírito Santo. 
xsd:nonNegativeInteger 34 
xsd:integer 2173218 
xsd:nonNegativeInteger 6452 
xsd:integer 42166428 

data from the linked data cloud