Inquisição medieval

http://pt.dbpedia.org/resource/Inquisição_medieval

A Inquisição medieval foi uma série de inquisições (organismos da Igreja Católica para a supressão de acusados de heresia) de cerca de 1184, incluindo a Inquisição Episcopal (1184-1230) e mais tarde a Inquisição Papal (1230). Foi em resposta aos grandes movimentos populares em toda a Europa considerados apóstatas ou heréticos para o cristianismo, em particular o catarismo e os valdenses no sul da França e norte da Itália. Estes foram os primeiros movimentos de inquisição de muitos que se seguiriam.
Inquisição medieval 
A Inquisição medieval foi uma série de inquisições (organismos da Igreja Católica para a supressão de acusados de heresia) de cerca de 1184, incluindo a Inquisição Episcopal (1184-1230) e mais tarde a Inquisição Papal (1230). Foi em resposta aos grandes movimentos populares em toda a Europa considerados apóstatas ou heréticos para o cristianismo, em particular o catarismo e os valdenses no sul da França e norte da Itália. Estes foram os primeiros movimentos de inquisição de muitos que se seguiriam. A inquisição medieval foi em resposta aos crescentes movimentos religiosos, em especial os cátaros referido pela primeira vez na década de 1140 e os valdenses começando em torno de 1170. "Hereges" individuais, como Pedro de Bruys, muitas vezes desafiaram a Igreja. No entanto, os cátaros foram a primeira organização herética em massa no segundo milênio, que representaram uma grave ameaça para a autoridade da Igreja. Este artigo abrange apenas essas primeiras inquisições, não a Inquisição romana a partir do século XVI, ou o fenômeno um pouco diferente da Inquisição espanhola, que estava sob o controle da monarquia espanhola, embora com o apoio do clero local. A Inquisição portuguesa e diversos ramos coloniais seguiram o mesmo padrão. 
xsd:nonNegativeInteger 139 
xsd:integer 2659309 
xsd:nonNegativeInteger 13977 
xsd:integer 40932697 

data from the linked data cloud