Incidente de 26 de Fevereiro

http://pt.dbpedia.org/resource/Incidente_de_26_de_Fevereiro an entity of type: Thing

O Incidente de 26 de Fevereiro' (二・二六事件, Niniroku Jiken) (também conhecido como Incidente 2-26) foi uma tentativa de golpe de Estado no Japão em 26 de fevereiro de 1936. Foi organizada por um grupo de jovens oficiais do Exército Imperial Japonês, com o objetivo de expurgar seus rivais e facções ideológicas oponentes da liderança do governo e das forças armadas.
Incidente de 26 de Fevereiro 
xsd:integer
Yoshiyuki Kawashima 
Asaichi Isobe 
Hajime Sugiyama 
Hisashi Kōno 
Imperador Hirohito 
Kiyosada Kōda 
Kōhei Kashii 
Príncipe Kan'in Kotohito 
Shirō Nonaka 
Takaji Muranaka 
Teruzō Andō 
Yasuhide Kurihara 
xsd:integer 26 
xsd:integer 1558  23841 
xsd:integer 300 
Aumento da influência militar sobre o governo. 
Perda de influência do Kōdō-ha. 
Revolta reprimida. 
xsd:integer 22 
Exército Virtuoso 
Exército imperial japonês 
22pxMarinha Imperial Japonesa 
Exército Virtuoso 
Exército imperial japonês 
Aumento da influência militar sobre o governo. 
Perda de influência do Kōdō-ha. 
Revolta reprimida. 
1.558 ou 1.483 
23.841 
Incidente de 26 de Fevereiro 
O Incidente de 26 de Fevereiro' (二・二六事件, Niniroku Jiken) (também conhecido como Incidente 2-26) foi uma tentativa de golpe de Estado no Japão em 26 de fevereiro de 1936. Foi organizada por um grupo de jovens oficiais do Exército Imperial Japonês, com o objetivo de expurgar seus rivais e facções ideológicas oponentes da liderança do governo e das forças armadas. Embora os rebeldes conseguissem assassinar várias altas autoridades (incluindo dois ex-primeiros-ministros) e ocupar o centro do governo de Tóquio, não conseguiram assassinar o primeiro-ministro Keisuke Okada ou garantir o controle do Palácio Imperial. Seus partidários no exército fizeram tentativas para tirar partido de suas ações, mas as divisões entre os militares, combinada com a raiva imperial no golpe, demonstrou que não seriam capazes de conseguir uma mudança de governo. Diante da esmagadora oposição, visto que o exército moveu-se contra eles, os rebeldes se renderam em 29 de fevereiro. Ao contrário de exemplos anteriores de violência política por jovens oficiais, a tentativa de golpe teve consequências graves. Após uma série de julgamentos fechados, 19 dos líderes da revolta foram executados por motim e outros 40 presos. A facção radical Kōdōha perdeu sua influência dentro do exército, o período de "governo pelo assassinato" chegou ao fim e os militares aumentaram seu controle sobre o governo civil. 
xsd:nonNegativeInteger 34 
Incidente de 26 de Fevereiro 
xsd:integer 4502703 
xsd:nonNegativeInteger 4972 
xsd:integer 40270569 

data from the linked data cloud