Incêndio no supermercado Nakumatt

http://pt.dbpedia.org/resource/Incêndio_no_supermercado_Nakumatt

O incêndio no supermercado Nakumatt em 2009 ocorreu quando um supermercado no centro de Nairóbi, Quênia, incendiou-se em 28 de Janeiro de 2009. Vinte e nove pessoas foram localizadas nos escombros do supermercado Nakumatt. A polícia está investigando os seguranças do mercado, que alegadamente trancaram as pessoas no interior do prédio em chamas num esforço para se evitar saques. No entanto, o bloqueio das portas do piso térreo não teve qualquer efeito, já que todos se encontravam no primeiro andar. O fogo teria começado perto da única escada acessível ao público, prendendo as vítimas no primeiro andar do supermercado. Um homem morreu após saltar do prédio para escapar do fogo. Quarenta e sete pessoas continuam desaparecidas. Os corpos dos mortos estão "carbonizados além do reconhecimento".
Incêndio no supermercado Nakumatt 
O incêndio no supermercado Nakumatt em 2009 ocorreu quando um supermercado no centro de Nairóbi, Quênia, incendiou-se em 28 de Janeiro de 2009. Vinte e nove pessoas foram localizadas nos escombros do supermercado Nakumatt. A polícia está investigando os seguranças do mercado, que alegadamente trancaram as pessoas no interior do prédio em chamas num esforço para se evitar saques. No entanto, o bloqueio das portas do piso térreo não teve qualquer efeito, já que todos se encontravam no primeiro andar. O fogo teria começado perto da única escada acessível ao público, prendendo as vítimas no primeiro andar do supermercado. Um homem morreu após saltar do prédio para escapar do fogo. Quarenta e sete pessoas continuam desaparecidas. Os corpos dos mortos estão "carbonizados além do reconhecimento". Relatórios oficiais dizem que uma pessoa morreu no hospital por intoxicação por fumos tóxicos e por ferimentos sofridos no incêndio, mas outras 39 foram não foram encontradas e foram oficialmente consideradas como "desaparecidas". Os serviços de emergência foram criticados por aquilo que a mídia do Quênia vê como uma resposta inadequada ao incêndio. Na sequência do incêndio, a Daily Nation relatou que os três milhões de habitantes de Nairóbi estão servidos unicamente por um corpo de bombeiros situado perto de um distrito comercial com tráfego rodoviário pesado. Embora o incêndio tenha ocorrido em 28 de janeiro, não foi amplamente divulgado em todo o mundo até dois dias mais tarde, quando a plena dimensão do incêndio foi reconhecida. 
xsd:integer 2272565 
xsd:integer 39265562 
xsd:nonNegativeInteger 24 
xsd:nonNegativeInteger 9056 

data from the linked data cloud