Império Aquemênida

http://pt.dbpedia.org/resource/Império_Aquemênida an entity of type: Thing

O Império Aquemênida (português brasileiro) ou Império Aqueménida (português europeu) (em persa antigo: Parsā; em persa moderno: هخامنشیان, Hakhāmanishiya ou دودمان هخامنشي, transl. Dudmān Hakhâmaneshi, dinastia aquemênida; c. 550–330 a.C.), por vezes referido como Primeiro Império Persa, foi um império iraniano situado no Sudoeste da Ásia, e fundado no século VI a.C. por Ciro, o Grande, que derrubou a confederação médica. Expandiu-se a ponto de chegar a dominar partes importantes do mundo antigo; por volta do ano 500 a.C. estendia-se do vale do Indo, no leste, à Trácia e Macedônia, na fronteira nordeste da Grécia - o que fazia dele o maior império a ter existido até então. O Império Aquemênida posteriormente também controlaria o Egito. Era governado através de uma série de monarcas, que u
Império Aquemênida 
yes 
xsd:integer 1973  2007 
xsd:integer 334  343  498  515  525 
xsd:integer 330 
xsd:integer 336  559 
A. Sh. Shahbazi 
Schlerath, Bernfried 
Tavernier, Jan 
Bandeiras da Pérsia 
Ancient Egypt map-pt.svg 
Lydian kingdom-pt.svg 
Median Empire-pt.svg 
Neo-Babylonian Empire-pt.svg 
Vergina_sun.svg 
Estandarte de Ciro, o Grande 
Pasárgada, Ecbátana, Persépolis, Susa e Babilônia 
xsd:integer 500 
xsd:integer 8500000 
Inst. f. Vergl. Sprachwiss. 
Peeters Publishers 
Encyclopaedia Iranica 
História antiga 
Império 
Derrota do Império Aquemênida por Alexandre, o Grande 
Conquista do Egito Antigo por Cambises II 
Construção de Persépolis 
Reconquista do Egito por Artaxerxes III 
Morte de Dario III e conquista de Alexandre o Grande 
Conquista do Segundo Império Babilônico 
Dario III é assassinado por Besso 
Pierre 
Josef 
Rüdiger 
ISBN 90-429-1833-0 
Standard of Cyrus the Great .svg 
Briant 
Schmitt 
Wiesehöfer 
Império Aquemênida em seu período de maior extensão, sob o reinado de Dario I. 
Ciro, o Grande 
Dario III 
AchaemenidMapBehistunInscription.png 
Dárico e o siglos 
Império Aquemênida 
( Império Persa) 
Império Persa 
امپراتوری هخامنشی 
Império Medo 
Reino da Lídia 
Segundo Império Babilônico 
XXVI dinastia egípcia 
Encyclopaedia Iranica 
Routledge & Kegan Paul 
Império Macedônico 
Alexander 
ARIARAMNEIA 
Achaemenid dynasty 
History in pre-Islamic period 
Die Indogermanen 
Iranica in the Achaemenid Period : Linguistic Study of Old Iranian Proper Names and Loanwords, Attested in Non-Iranian Texts 
http://www.iranica.com/newsite/articles/unicode/v1f4/v1f4a109.html 
http://www.iranica.com/newsite/index.isc?Article=http://www.iranica.com/newsite/articles/v9f3/v9f393a.html 
http://www.iranicaonline.org/articles/ariaramneia-a-city-in-cappadocia-mentioned-in-an-inscription 
http://www.iranica.com/newsite/articles/unicode/v1f8/v1f8a031.html 
vol. 2 
vol. 3 
O Império Aquemênida (português brasileiro) ou Império Aqueménida (português europeu) (em persa antigo: Parsā; em persa moderno: هخامنشیان, Hakhāmanishiya ou دودمان هخامنشي, transl. Dudmān Hakhâmaneshi, dinastia aquemênida; c. 550–330 a.C.), por vezes referido como Primeiro Império Persa, foi um império iraniano situado no Sudoeste da Ásia, e fundado no século VI a.C. por Ciro, o Grande, que derrubou a confederação médica. Expandiu-se a ponto de chegar a dominar partes importantes do mundo antigo; por volta do ano 500 a.C. estendia-se do vale do Indo, no leste, à Trácia e Macedônia, na fronteira nordeste da Grécia - o que fazia dele o maior império a ter existido até então. O Império Aquemênida posteriormente também controlaria o Egito. Era governado através de uma série de monarcas, que unificaram suas diferentes tribos e nacionalidades construindo um complexo sistema de estradas. Denominando-se Parsa, do nome tribal ariano Parsua, os persas fixaram-se numa terra que também denominaram Parsua, que fazia fronteira a leste com o rio Tigre, e, ao sul, com o golfo Pérsico. Este tornou-se o centro nevrálgico do império durante toda a sua duração. Foi a partir desta região que Ciro, o Grande partiu para derrotar os impérios Medo, Lídio e Babilônico, abrindo o caminho para as conquistas posteriores do Egito e Ásia Menor. No ápice de seu poder, após a conquista do Egito, o império abrangia aproximadamente oito milhões de quilômetros quadrados situados em três continentes: Ásia, África e Europa. Em sua maior extensão, fizeram parte do império os territórios atuais do Irã, Turquia, parte da Ásia Central, Paquistão, Trácia e Macedônia, boa parte dos territórios litorâneos do Mar Negro, Afeganistão, Iraque, o norte da Arábia Saudita, Jordânia, Israel, Líbano, Síria, bem como todos os centros populacionais importantes do Egito Antigo até às fronteiras da Líbia. É célebre na história ocidental como o tradicional inimigo das cidades-estado gregas durante as Guerras Greco-Persas, pela emancipação dos escravos, incluindo o povo judeu, de seu cativeiro na Babilônia, e pela instituição de infra-estruturas como um sistema postal, viário, e pela utilização de um idioma oficial por todos os seus territórios. O império tinha uma administração centralizada e burocrática, sob o comando de um imperador e um enorme número de soldados profissionais e funcionários públicos, o que inspirou desenvolvimentos semelhantes em impérios posteriores. O ponto de vista tradicional é de que as vastas extensões e extraordinária diversidade etnocultural do Império Persa acabaria por provocar a sua derrocada, à medida que a delegação de poder aos governos locais acabaria por enfraquecer a autoridade central do rei, fazendo com que muita energia e recursos tivesse de ser gastas nas tentativas de subjugar rebeliões locais. Tal fato tem servido historicamente para explicar o porquê de Alexandre, o Grande (Alexandre III da Macedônia), ao invadir a Pérsia em 334 a.C., ter se deparado com um reino pouco unido, comandado por um monarca enfraquecido, facilmente destruído. Este ponto de vista, no entanto, vem sendo questionado por alguns estudiosos modernos, que argumentam que o Império Aquemênida não se encontrava em crise no período de Alexandre, e que apenas as disputas internas pela sucessão monárquica dentro da própria família aquemênida é que causavam algum enfraquecimento no império. Alexandre, grande admirador de Ciro, o Grande, acabaria por provocar o colapso do império e sua subsequente fragmentação, por volta de 330 a.C., gerando o Reino Ptolemaico, o Império Selêucida e diversos outros territórios de menor extensão, que à época também conquistaram sua independência. A cultura iraniana do planalto central, no entanto, continuou a florescer e voltou a conquistar o poder na região no século II a.C. O legado histórico do Império Aquemênida, no entanto, foi muito além de suas influências territoriais e militares, e deixou marcas importantes no cenário cultural, social, tecnológico e religioso da época. Diversos atenienses adotaram costumes aquemênidas em suas vidas diárias, numa troca cultural recíproca, e muitos foram empregados ou aliados dos reis persas. O impacto do chamado Édito de Ciro, o Grande, foi mencionado nos textos judaico-cristãos, e o império foi fundamental na difusão do zoroastrianismo por grande parte da Ásia, até à China. Mesmo Alexandre, o Grande, o homem que acabaria por conquistar este vasto império, respeitou seus costumes e impôs o respeito aos reis persas (incluindo Ciro), e até mesmo adotou o costume real persa da proskynesis, apesar da forte desaprovação de seus compatriotas macedônios. O Império Persa também daria a tônica da política, herança e história da Pérsia moderna (atual Irã). A influência também se estendeu sobre antigos territórios da Pérsia que se tornaram conhecidos posteriormente como Grande Pérsia. Um dos feitos notáveis de engenharia do império é o sistema de gestão de água conhecido como Qanat, cuja seção mais antiga tem mais de 3000 anos e 71 quilômetros. Em 480 a.C., estima-se que 50 milhões de pessoas vivessem no Império Aquemênida, cerca de 44% da população mundial da época, fazendo dele o maior império de todos os tempos em termos de porcentagem populacional. 
xsd:integer 37129 
xsd:integer 44799505 
Império Aquemênida 
Império Persa 
امپراتوری هخامنشی 
(Emperâturi-ye Hakhâmaneshi) 
(Primeiro) Império Persa) 
xsd:integer 336 
xsd:integer 550 
xsd:gYear -550  -336 
Xá 
Império Aquemênida em seu período de maior extensão, sob o reinado deDario I. 
xsd:nonNegativeInteger 618 
xsd:nonNegativeInteger 99022 

data from the linked data cloud