Imigração alemã em São Paulo

http://pt.dbpedia.org/resource/Imigração_alemã_em_São_Paulo an entity of type: Thing

A colonização alemã no Estado de São Paulo aconteceu durante o século XIX, quando chegaram os primeiros colonos vindos da Alemanha e durante o século XX entre a Primeira e Segunda Guerra Mundial.Na capital, bairros tradicionais alemães são: Santo Amaro, Chácara Santo Antônio, Brooklin (onde ocorrem as festas germânicas Maifest e o Brooklin Fest todos os anos) e Alto da Boa Vista (onde até a década de 50 era muito comum ouvir crianças falando em alemão nas ruas de terra do bairro). Moema, Vila Mariana, Saúde e Vila Ema também possuem contingentes de germânicos.
Imigração alemã em São Paulo 
Teuto-brasileiros de São Paulo 
x104px|Andreas Rudolf Kisserx104px|Maria Lenkx104px|Solange Hochgreb Frazão 
x95px|Fabiana Murerx95px|Ricardp Rathsamx95px|Marisa Orth 
x95px|Elano Blumerx95px|Juliana Schalchx95px|Didi Wagner 
x90px|Carla Lamarcax90px|Berta Lutzx90px|Lars Grael 
x100px|Arthur Friedenreichx100px|Vera Holtzx100px|Robert Scheidt 
Andreas KisserMaria LenkSolange Frazão 
Arthur FriedenreichVera HoltzRobert Scheidt 
Carla LamarcaBerta LutzLars Grael 
Elano BlumerJuliana SchalchDidi Wagner 
Fabiana MurerRicardo RathsamMarisa Orth 
Notáveis teuto-brasileiros de São Paulo: 
Português, alguns falam Alemão , e uma minoria fala Hunsrückisch e Iídiche 
Colônias consideráveis em Itapecerica da Serra, São Roque, Nova Europa, Embu, Rio Claro, Mairinque, Registro, Americana, Ribeirão Preto, Itu, Campos do Jordão, Vinhedo, São Paulo, entre outras 
Cristianismo: A maioria católicos, mas uma relevante parte luterana. Minoria judeus 
A colonização alemã no Estado de São Paulo aconteceu durante o século XIX, quando chegaram os primeiros colonos vindos da Alemanha e durante o século XX entre a Primeira e Segunda Guerra Mundial. Na capital, bairros tradicionais alemães são: Santo Amaro, Chácara Santo Antônio, Brooklin (onde ocorrem as festas germânicas Maifest e o Brooklin Fest todos os anos) e Alto da Boa Vista (onde até a década de 50 era muito comum ouvir crianças falando em alemão nas ruas de terra do bairro). Moema, Vila Mariana, Saúde e Vila Ema também possuem contingentes de germânicos. 
xsd:nonNegativeInteger 493 
Teuto-brasileiros de São Paulo 
xsd:integer 148172 
xsd:nonNegativeInteger 51897 
xsd:integer 44486664 

data from the linked data cloud